Com apoio da torcida, Raposa afastou o ‘fantasma’ do rebaixamento para a Terceira Divisão

Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Após certo sofrimento nos últimos jogos, o Cruzeiro enfim afastou o fantasma do rebaixamento e assegurou a permanência na Série B do Campeonato Brasileiro. Nesta terça-feira, a Raposa venceu o Brusque por 2 a 0, n Mineirão, pela 35ª rodada, e chegou aos 46 pontos, abrindo oito de vantagem para o Z4.

Vitor Leque e Giovanni, em um golaço de fora da área, marcaram os gols da vitória do Cruzeiro, a segunda consecutiva na Série B.

Com 46 pontos, o Cruzeiro subiu para a 10ª posição na Série B. De acordo com o departamento de matemática da UFMG, com a pontuação um clube tem apenas 0,45% de risco de queda.

Já o Brusque segue em situação delicada e ocupa o 16º lugar, com os mesmos 38 pontos do Londrina, primeiro time dentro do Z-4. Mas a equipe catarinense tem um jogo a mais e pode entrar na zona de rebaixamento com o complemento da rodada.

Agora, o Cruzeiro enfrenta o Vitória, domingo (14), às 19h, no Barradão. Já o Brusque entra em campo na segunda-feira (15), às 16h, diante do CRB, no Augusto Bauer.

O jogo

A partida começou truncada, sem muitas emoções. Mas até que o Brusque teve a primeira grande chance, aos 19 minutos, em uma cabeçada de Garcez. O atacante recebeu cruzamento livre na área, mas testou para fora.

O lance acordou o Cruzeiro que abriu o placar aos 26. Após escanteio, a bola sobrou para Vitor Leque, que precisou chutar duas vezes para balançar as redes.

Depois de marcar o gol, o time celeste recuou um pouco e deu mais espaço para o Brusque, que chegou com perigo em três lances seguidos. Primeiro, ameaçou em um chute de Jhon Cley, que invadiu a área com facilidade e bateu para o gol, mas Fábio fez boa defesa.

Pouco depois, o camisa 1 celeste fez outra grande intervenção para salvar a Raposa de levar o empate. Na sequência, Garcez cabeceou para fora e desperdiçou mais uma boa chance para os catarinenses.

A Raposa respondeu rápido. Vitor Leque saiu na cara do gol, mas escolheu a perna errada para finalizar o chutou para fora.

No início da etapa final, o Cruzeiro ampliou o placar. E foi um golaço. Giovanni emendou um lindo chute da intermediária e acertou o ângulo.

Com o segundo gol do Cruzeiro, a partida caiu bastante tecnicamente. As várias alterações nos dois times também fez o ritmo do jogo ficar mais lento e sem muitas chances claras até o fim.

CRUZEIRO 2 x 0 BRUSQUE

CRUZEIRO
Fábio; Rômulo, Eduardo Brock, Rhodolfo e Felipe Augusto; Adriano (Norberto), Lucas Ventura e Giovanni (Ariel Cabral); Vitor Leque (Vitor Roque), Wellington Nem (Claudinho) e Thiago (Rafael Sobis). Técnico: Vanderlei Luxemburgo

BRUSQUE
Ruan Carneiro; Toty, Ianson, Éverton Alemão e Airton; Rodolfo, Zé Mateus, Fillipe Soutto (Bruno Alves) e Jhon Cley (Thiago Alagoano); Maurício Garcez (Foguinho) e Edu (Tony). Técnico: Waguinho Dias

Motivo: 35ª rodada – Série B do Campeonato Brasileiro
Data: 09 de novembro de 2021, terça-feira, às 21h30
Local: Mineirão, Belo Horizonte (MG)

Gols: Vitor Leque (26’/1º), Giovanni (5’/2º)

Cartão Amarelo: Adriano, Lucas Ventura, Rafael Sobis (Cruzeiro); Rodolfo Potiguar, Toty (Brusque)

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Auxiliares: Eduardo Gonçalves da Cruz (MS) e Márcio Bezerra Lopes Caetano (RO)
VAR: Ronei Cândido Alves (MG)

Por Fábio Rocha, Rede Itatiaia 

Compartilhar via: