Por: Itatiaia BH

Foto: Bruno Cantini / Atlético

Atravessando péssima fase no Campeonato Brasileiro, no qual acumula cinco derrotas consecutivas, o Atlético entra em campo nesta quinta-feira, às 21h30 (de Brasília), no estádio Brigadier General Estanislao López, em Santa Fé, na Argentina, para enfrentar o Colón no confronto de ida da semifinal da Copa Sul-Americana.

Acompanhe, a partir das 21h, a Jornada Esportiva da Itatiaia, com o 1º Time do Rádio. Narração de Mário Henrique, comentários de Cadu Doné e reportagens de Cláudio Rezende. A ancoragem será de Bruno Azevedo.

O alvinegro também busca um bom resultado para aliviar a pressão que vive no momento. Esse clima de cobrança por parte dos seus torcedores ficou claro na noite de terça-feira (17), quando a equipe embarcou sob fortes protestos de uma organizada do clube no aeroporto Tancredo Neves, em Confins, na região metropolitana de Belo Horizonte.

O Atlético vem de uma derrota por 3 a 1 para o Internacional, em casa, pelo Brasileirão, e agora mira retomar a boa fase que ostenta na Copa Sul-Americana, na qual eliminou Unión La Calera-CHI, Botafogo e La Equidad-COL nas fases anteriores da competição.

Apesar da necessidade de reagir, o técnico Rodrigo Santana descartou adotar clima de mistério nessa quarta-feira, quando abriu para a presença dos jornalistas o treino realizado no CT do Newell’s Old Boys, em Rosário, e repetiu a mesma formação titular que já havia testado na última atividade que comandou em Belo Horizonte, com Cleiton; Patric, Igor Rabello, Réver e Fábio Santos; Zé Welison e Elias; Chará, Vinícius e Cazares; Franco Di Santo.

Assim, o treinamento serviu para confirmar que o volante Jair, que se recupera de um problema muscular, será mesmo substituído por Zé Welison. No ataque, a novidade será a presença do argentino Franco Di Santo, que fará a sua estreia como titular. Ele entrará no lugar de Ricardo Oliveira, que sequer viajou para a Argentina após ser liberado pelo clube por estar com sérios problemas de saúde na família.

Para completar, Rodrigo Santana não terá à disposição Victor, Uilson, Maidana e Gustavo Blanco, outros jogadores que, assim como Jair, se recuperam de lesões. Para completar, o meia-atacante Luan, que não vem tendo espaço na equipe, sequer foi relacionado para este jogo em Santa Fé.

Confirmado entre os titulares atleticanos, o lateral-direito Patric prometeu  uma resposta positiva da equipe dentro em campo. “O torcedor compareceu no aeroporto para pedir que a gente jogue por eles, por nós, pela instituição, pelo Galo. É isso que a gente veio fazer. O torcedor confia em nosso trabalho. Foram alguns jogos ruins, mas que iremos apagar e construir nosso caminho de novo. Vamos colocar o vagão nos trilhos certinho para que a gente possa desempenhar bem”, destacou o jogador, que depois enfatizou: “Chegou nosso momento de dar a cara, deixar o amor, o coração no campo, para a gente fazer o que gosta de fazer. É jogo para sair sangrando, esgotado de dentro de campo, e levar um bom resultado para Belo Horizonte”.

O Colón, por sua vez, vem de uma sequência invicta de quatro partidas e também já está com sua escalação definida para a partida. O atacante Luis Rodríguez, que perdeu o seu pai no último domingo, já voltou a treinar e será titular.

Em sua campanha até a semifinal, o Colón eliminou o Zulia-VEN, o Argentinos Juniors, o River Plate-URU e o Deportivo Municipal-PER.

Colón x Atlético

Colón: Burián; Vigo, Ortiz, Olivera e Escobar; Aliendro, Lértora, Zuqui e Estigarribia; Rodríguez e Morelo. Técnico: Pablo Lavallén

Atlético: Cleiton; Patric, Igor Rabello, Réver e Fábio Santos; Zé Welison, Elias, Cazares, Vinícius e Chará; Di Santo. Técnico: Rodrigo Santana

Motivo: 1º jogo – semifinais da Copa Sul-Americana
Data: 19 de setembro de 2019, quinta-feira, às 21h30
Local: Estádio Brigadier General Estanislao López ‘Cemitério dos Elefantes’, em Santa Fe (Argentina)

Árbitro: Alexis Herrera (VEN)
Auxiliares: Carlos López (VEN) e Luis Murillo (VEN)
VAR: Nicolás Gallo (COL)

 
Compartilhar via: