Time comandado por Cuca sofre com reservas do alviverde e não poderá ser campeão no domingo

Foto: Pedro Souza / Atlético

O Atlético não será campeão brasileiro no domingo (28), contra o Fluminense, no duelo marcado para o Mineirão. Mesmo com o empate em 2 a 2 entre Grêmio e Flamengo, o time comandado pelo técnico Cuca não conseguiu superar os reservas do Palmeiras, no Allianz Parque, e, com o mesmo resultado do confronto em Porto Alegre, adiou a volta olímpica na competição mais importante do país.

Nos 15 primeiros minutos de bola rolando na casa do Palestra, quem levou perigo em três oportunidades foram os donos da casa. Apesar de bastante desfalcado, já que prioriza a decisão da Libertadores no próximo sábado (27), o alviverde obrigou o goleiro Everson a evitar o pior.

Contudo, nem evolução nos minutos seguintes, aos 27, veio o castigo. Numa jogada que começou com o ex-lateral atleticano Marcos Rocha, o atacante Wesley chutou cruzado e colocou o time mandante em vantagem.

Aos 35, veio o empate. Após chute forte de Arana, Jailson rebateu e a bola sobrou nos pés do argetino Zaracho, que só teve o trabalho de empurrá-la para o fundo da rede palmeirense.

Segundo tempo

Logo aos 8 minutos da segunda etapa, o zagueiro Junior Alonso abriu os braços e cometeu pênalti. Na cobrança, Patrick de Paula bateu bem,  mas Everson fez grande defesa. Contudo, no escanteio logo em seguida, Deyverson, aproveitando falha do goleiro atleticano, deixou o dele de cabeça. Um pecado!

Mas foi nos pés do artilheiro na temporada que veio o alívio. Aos 16, num chutaço de fora da área, Hulk deixou tudo igual. Um golaço; o 30º dele com a camisa do Galo.
Aos 34 minutos, o atleticano “tirou o gol do Palmeiras com o olho”. O lateral Victor Luís, livre na pequena área, mostrou a falta de talento para marcar, e isolou a pelota.

FICHA DO JOGO:
PALMEIRAS 2 X 2 ATLÉTICO

DATA:  23 de novembro de 2021
HORÁRIO: 21h30
ESTÁDIO: Allianz Parque
CIDADE: São Paulo
MOTIVO: 35ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro
ARBITRAGEM: Anderson Daronco, auxiliado por Rafael da Silva Alves e Michael Stanislau, todos do Rio Grande do Sul
VAR: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)

Gols: Wesley, aos 27 minutos do primeiro tempo, para o Palmeiras; Zaracho, aos 35, para o Atlético. Deyverson, aos 8 minutos do segundo tempo, para o Palmeiras; Hulk, aos 15, para o Atlético.

Cartão amarelo: Marcos Rocha, Menino, Renan, Deyverson (PAL); Nacho Fernández, Diego Costa,
Cartão vermelho:

PALMEIRAS – Jailson; Marcos Rocha, Kuscevic, Renan e Jorge (Victor Luís); Patrick de Paula, Gabriel Menino, Danilo Barbosa, Gabriel Veron (Breno Lopes), Deyverson e Wesley (Willian). Técnico: Abel Ferreira.

ATLÉTICO – Éverson; Guga (Vargas), Nathan Silva, Junior Alonso e Guilherme Arana; Allan, Jair (Mariano) e Zaracho, Nacho Fernández; Hulk e Diego Costa (Keno). Técnico: Cuca
PÚBLICO: 17.774
RENDA: R$ 1.018.080,79

Por Henrique André, Rede Itatiaia 

Compartilhar via: