Foto: Bruno Cantini/Agência Galo/Atlético

O presidente do Atlético, Sérgio Sette Câmara, anunciou no fim da tarde desta segunda-feira que o clube pagou a dívida de 2,2 milhões de euros (R$ 13,4 milhões), que estava na Fifa, pela compra do meia Maicosuel, em 2014, junto à Udinese, da Itália. O clube alvinegro tinha até esta terça-feira (28) para depositar o valor.

O débito aumentou nos últimos meses devido à cotação do euro, moeda usada para estipular as dívidas. A pandemia do novo coronavírus foi fundamental para o crescimento do papel europeu frente ao real, que se desvalorizou 20% desde março, e complicou o planejamento do clube alvinegro, que tinha o valor para fazer a quitação.

O presidente do Atlético, Sérgio Sette Câmara, deu várias declarações recentemente afirmando que já tinha separado o valor, estimado em R$ 10 milhões, de acordo com o repórter da ItatiaiaClaudio Rezende.

O Atlético teve que correr atrás para obter a diferença. O Galo tentou junto à Fifa adiar o pagamento para usar o dinheiro para pagar o salário de abril dos funcionários, que vence no quinto dia útil de maio. O clube já deve parte dos vencimentos do elenco, além de dois a três meses de direitos de imagem, e terá que buscar mais recursos para quitar os atrasados com os atletas.

(Itatiaia BH)

Compartilhar via: