Religiosos foram surpreendidos por dois homens, sendo um deles com uma réplica de arma

Pastor Thiago Souza do Carmo (E) e repórter Renato Rios Neto (Foto: Reprodução)

Repórter Renato Rios Neto:

 

Um assaltante morreu na noite desse sábado (5) ao tentar roubar um grupo de evangélicos que orava e fazia jejum em um monte no bairro Paraíso das Piabas, em Ribeirão das Neves, na região metropolitana de Belo Horizonte.

Os religiosos foram surpreendidos por dois homens, sendo um deles com uma réplica de arma de fogo. Segundo testemunhas, o pastor teria interpelado o assaltante, que teve um mal súbito e morreu.

O pastor Thiago Souza do Carmo, da Igreja Ministerial Deus é Bom, afirmou que um dos criminosos apontou a arma para os fiéis, pediu para que eles deitassem e entregassem os celulares. “Eu, de dentro da barraca, estendi a mão e falei ‘jovem, não faça isso, Jesus te ama’. Ele caiu para trás (e morreu).”

“O outro pegou o facão, pegou o celular de todo mundo e eu tentei levar ele nas ideias positivas. Eu falei ‘jovem, não faz isso, não, Deus tem uma obra na sua vida’. Ele foi bambeando, bambeando e caiu endemoniado. Manifestou-se uma entidade de nome ‘Tranca Rua’ e disse ‘eu vim aqui só para matar eles’. Nós abraçamos ele e expulsei o demônio”

De acordo com a polícia, o corpo do criminoso que morreu foi levado para o Instituto Médico Legal, sem marcas de violência. O outro fugiu em uma mata e não foi encontrado pelos militares.

 

Fonte: Rede Itatiaia

Compartilhar via: