Foto: Divulgação/Cruzeiro

A contratação do técnico Luiz Felipe Scolari não só melhorou o aproveitamento do Cruzeiro na Série B do Campeonato Brasileiro, mas como também colaborou para o clube prospectar novas parcerias no exterior. A afirmação foi feita pelo diretor de negócios internacionais da Raposa, Juliano Belletti, em entrevista ao programa Bastidores, da Rádio Itatiaia.

No cargo desde setembro deste ano para ajudar a difundir a nova gestão do Cruzeiro em outros países, além de captar parcerias com clubes e outras instituições, Belletti disse que “muitas portas se abriram” com a chegada de Felipão à Toca da Raposa.

“O Felipão é uma marca mundial pelas conquistas, pela pessoa que é, pela empatia que as pessoas têm com ele em nível de gestão e pela maneira como ele se expressa. É fato que, desde que ele chegou aqui, muita coisa melhorou, muitas portas se abriram. A gente tem conversado com times espanhóis, o que não acontecia antes da chegada dele. A Universidade de Seatle também se encantou com a chegada dele, as conversas avançaram bastante. Cingapura e Índia, que são um mercado que admira muito o futebol brasileiro, também abriram as portas um pouco mais também com a chegada do Felipão”, declarou.

Em campo, apesar de ainda derrapar na Série B, o Cruzeiro conseguiu sair da zona do rebaixamento após a chegada de Felipão e segue invicto sob o comando do treinador: são três vitórias e três empates.

“Felipão é um fenômeno de carisma e o Cruzeiro sabe disso. E ainda é competente e vencedor. É uma influência positiva, os jogadores e a instituição entendem isso. A gente está ganhando muito com a presença dele aqui”, frisou Belletti.

(Itatiaia BH) 

Compartilhar via: