Presidente falou sobre os protestos desse domingo em conversa com apoiadores

(Foto: Marcos Corrêa/PR)

O presidente Bolsonaro afirmou que os manifestantes contrários ao governo que foram às ruas nesse domingo (12) são dignos de pena. A posição foi dada em conversa com apoiadores na manhã desta segunda-feira (13), no Palácio da Alvorada.

“Essa minoria que é contra, foram às ruas ontem, são dignas de dó. O que eles pregam, o que eles falam, é inacreditável. Não vão me tirar daqui de jeito nenhum”, afirmou. Ele citou, ainda, um comentário ‘desrespeitoso’ contra a primeira-dama Michele Bolsonaro. “É sinal de que não tem noção da realidade e vão para questões pessoais da minha família”.

O vice-presidente Hamilton Mourão também comentou sobre as manifestações contrárias ao governo. De acordo com ele, o número foi abaixo do esperado e isso se deve à ausência da adesão de importantes partidos da esquerda, como PT e Psol.

“As manifestações de ontem, eu nunca desdenho de nada, mas foram aquém do que se poderia esperar. A realidade é que a esquerda faltando, falta muita gente”, afirmou.

“Semana passada houve uma manifestação maciça em favor do nosso governo e, em particular, da pessoa Jair Bolsonaro. O presidente na quinta fez a carta buscando diminuir essa tensão e fazer uma reaproximação com o STF, com a pessoa do [ministro] Alexandre Moraes”, completou.

 

Por: Rede Itatiaia com informações de Jonathan Ferreira

Compartilhar via: