Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Começou a primeira etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo em Minas Gerais.  Segundo a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES), a fase será destinada a crianças e jovens entre 5 e 19 anos, que não foram imunizadas ou que tenham esquema de vacinação incompleto. Em 2019, Minas registrou 136 casos da doença.

Nossa reportagem fez um giro nas principais cidades do Vale do Aço para saber a situação nos postos de vacinação das cidades da região.

Confira:

A enfermidade, que havia sido erradicada do país, voltou a circular. Entre fevereiro de 2018 e dezembro de 2019, o Brasil teve mais de 28 mil ocorrências de sarampo.
A primeira etapa vai até quinta-feira (13), tendo como o dia D de Mobilização Nacional o próximo sábado, dia 15.

Em Minas, a estimativa é de que 529.417 pessoas entre 5 e 19 anos tenham tomado a primeira dose, mas não a segunda. Outras 1.657.022 não foram vacinados nenhuma vez. Para que o cidadão seja considerado imunizado contra o sarampo são necessárias duas doses da vacina para indivíduos entre 12 meses a 29 anos de idade e uma dose para pessoas de 30 a 49 anos.
Atualmente, o estado possui cerca de 4 mil salas de vacina espalhadas por todo o território. Nesta primeira etapa da campanha serão enviadas 660 mil doses da tríplice viral.

Segunda etapa

A segunda etapa da campanha será entre os dias 3 a 31 de agosto, tendo como público-prioritário pessoas de 30 a 59 anos que não tenham comprovação de ao menos uma dose da tríplice viral, conforme estipulado no Calendário Básico de Vacinação. O dia D de mobilização social ocorrerá em 22 do mesmo mês.

A doença

O sarampo é uma doença infecciosa grave, provocada por vírus, transmitida por fala, tosse e espirro. Extremamente contagiosa, pode ser contraída por pessoas de qualquer idade. É caracterizada por febre, inflamação das mucosas do trato respiratório, erupções na pele seguidas por descamação. A única forma de prevenção é a vacina fornecida de forma gratuita pelo Sistema Único de Saúde (SUS). (Itatiaia/Agência Minas/ 97 FM)

 

 

Compartilhar via: