TIMÓTEO CLIMA

Atlético abre 2 a 0, mas sofre empate do Palmeiras no fim, no 1º jogo das quartas da Libertadores

Foto: Pedro Souza | Atlético

Apesar de ter mostrado um futebol completamente diferente da derrota para o Internacional, o Atlético vacilou contra o Palmeiras e levou o empate por 2 a 2, após abrir 2 a 0, nesta quarta-feira, no Mineirão, no confronto de ida das quartas de final da Copa Libertadores. O gol da igualdade do time paulista foi marcado nos acréscimos.

O Atlético foi superior, principalmente no primeiro tempo, quando criou boas chances com Keno e Ademir, que acertou a trave. De tanto insistir, o time alvinegro abriu o placar aos 45 minutos em cobrança de pênalti de Hulk, que pôs fim ao jejum de cinco jogos sem marcar.

Logo no primeiro minuto do segundo tempo, o Galo ampliou em um gol contra do zagueiro Murilo, após jogada de Keno pela esquerda. A partida estava ficando definida a favor do Atlético, que estava bem no confronto.

Porém, o defensor palmeirense se redimiu pouco depois e descontou para o time paulista, após Gustavo Scarpa acertar o travessão em uma falta batida do bico da área.

O Atlético sentiu o gol e não conseguiu jogar mais. O time ainda bobeou nos minutos finais do jogo e viu o Palmeiras chegar ao empate aos 47 com o volante Danilo, que completou passe de Dudu de cabeça, depois de escanteio cobrado por Scarpa.

Com o resultado, quem vencer no jogo da volta, na próxima quarta-feira (10), às 21h30, no Allianz Parque, avança às semifinais da Libertadores. Novo empate por qualquer placar leva a decisão para os pênaltis.

Mas, antes do duelo da volta, as duas equipes têm compromisso pelo Campeonato Brasileiro. No domingo (7), o Atlético enfrenta o Athletico-PR, às 19h, no Mineirão, enquanto o Palmeiras recebe o Goiás, às 16h, no Allianz Parque.

ATLÉTICO 2 x 2 PALMEIRAS

Atlético: Everson; Mariano, Nathan Silva, Alonso (Igor Rabello) e Rubens; Otávio, Jair e Zaracho (Nacho); Ademir (Pedrinho), Keno (Vargas) e Hulk (Alan Kardec). Técnico: Cuca

Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha (Mayke), Gustavo Gómez, Murilo e Piquerez; Danilo, Zé Rafael e Raphael Veiga (Gabriel Menino); Gustavo Scarpa, Dudu e López (Rafael Navarro). Técnico: Abel Ferreira

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: Quarta-feira, 3 de agosto de 2022
Horário: 21h30

Gols: Hulk (pênalti – 45’/1º), Murilo (contra – 1’/2º, 13’/2º) e Danilo (47’/2º)
Cartão Amarelo: Jair e Mariano (Atlético)

Árbitro: Facundo Tello
Assistentes: Diego Bonfá e Gabriel Chade
VAR: Juan Lara

Público: 57.140 pessoas
Renda: R$ 4.232.050,90

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Desenvolvido por Vale Telecom