TIMÓTEO CLIMA

Barcelona perde pênalti no fim e América se safa de derrota nos acréscimos

Mourão Panda / América

Mais uma vez, o América terá que vencer fora de casa para avançar na Copa Libertadores. Na noite desta terça-feira (8), o Coelho empatou com o Barcelona, de Guayaquil, jogando no Independência. Apesar de não ganhar sob seus domínios, os torcedores alviverdes podem comemorar a igualdade. Já no acréscimos, Garcés bateu um pênalti para fora, para alívio de quem estava no Horto.

O time do técnico Marquinhos Santos buscou o ataque e teve posse de bola durante maior parte do jogo, mas abusou dos cruzamentos e facilitou a vida zaga adversária. Assim como contra o Guaraní, quase que o castigo final aconteceu, mas a sorte esteve do lado do clube mineiro.

O confronto que define quem avança para a e de grupos da Copa Libertadores acontece na próxima terça-feira (15), às 21h30 no Equador. Como a Conmebol não considera os gols marcados fora de casa como critério de desempate em caso de resultados iguais, em caso de empate , a vaga será decidida na disputa de pênaltis.

Apesar do placar não ter sido movimentado na primeira etapa, as duas equipes criaram boas oportunidades, com os goleiros aparecendo bem. Aos 33 minutos, Jailson operou um milagre na finalização do centroavante Mastriani. A melhor chance do Coelho foi com Wellington Paulista, que parou em Burrai.

As melhores chegadas do time da casa foram com Pedrinho, que foi a principal arma ofensiva alviverde. Marquinhos Santos ainda promoveu a troca de lado do atacante com Everaldo, que começou pela direita e não repetiu a boa atuação que teve no Paraguai.

No segundo tempo, as duas equipes continuaram buscando o gol, apesar da pouca vontade dos equatorianos em colocar a bola em jogo nas paralisações e da posse de bola superior americana. Logo na primeira jogada após entrar em campo, Matheusinho tentou cruzar. Com o efeito inesperado, quase a bola surpreende o goleiro adversário e entra.

Com a entrada da cria da base, o América conseguiu criar mais pelo lado direito, mas parou na zaga adversária, abusando dos cruzamentos pelas laterais. A emoção ficou por conta dos minutos finais. Já nos acréscimos, o Barcelona perdeu um pênalti e Lucas Kal desperdiçou boa chance depois.

América x Barcelona-EQU

América: Jailson; Patric, Iago Maidana, Éder e Marlon; Juninho, Lucas Kal e Alê; Everaldo (Matheusinho), Wellington Paulista e Pedrinho (Felipe Azevedo). Técnico: Marquinhos Santos

Barcelona-EQU: Javier Burrai; Velasco, Rodríguez, Dario Aimar e Quiñónez; Piñatares, Leonai (Carcelén), Perlaza (Penilla) e Martínez; Preciado (Molina) e Gonzalo Mastriani (Garcés). Técnico: Jorge Célico

Gols:
Cartões amarelos: Patric, Jailson (América), Leonai, Aimar, Piñatares Preciado (Barcelona)

Motivo: jogo de ida – terceira fase da Copa Libertadores
Data e horário: 8 de março de 2022, terça-feira, às 21h30
Local: Arena Independência, em Belo Horizonte (MG)

Árbitro: Darío Herrera (ARG)
Assistentes: Juan Belatti (ARG) e Diego Bonfá (ARG)

Público: 7.227
Renda: R$ 165.815,00

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Desenvolvido por Vale Telecom