TIMÓTEO CLIMA

Cruzeiro bate Tombense, mantém 100% em casa e abre enorme vantagem para o 5º da Série B

Foto: Divulgação Cruzeiro

O Cruzeiro segue imbatível em casa na Série B do Campeonato Brasileiro e conquistou a 11ª vitória consecutiva como mandante na competição. Muito intenso desde o primeiro minuto de jogo, o time celeste ‘amassou’ o Tombense, no Mineirão, e venceu por 2 a 0, na noite deste sábado, pela 22ª rodada da competição nacional.

O atacante Bruno Rodrigues abriu o placar e marcou o seu primeiro gol com a camisa do Cruzeiro. Daniel Junior fechou a conta para a Raposa, que alcançou a segunda maior sequência de vitórias em casa na história da Série B, igualando a marca do Criciúma, em 2012.

Com o resultado, o Cruzeiro chegou aos 49 pontos e abriu 16 de vantagem para o Londrina, que venceu na rodada e assumiu a quinta posição na Série B, com 33.

Já o Tombense, que vinha de duas vitórias e um empate, parou nos 32 pontos e caiu para a sexta posição.

O Cruzeiro volta a campo na próxima terça-feira (9), às 21h, para enfrentar o Londrina, no estádio do Café, pela 23ª rodada da Série B. Na terça, às 21h30, o Tombense recebe o penúltimo colocado Vila Nova-GO, no Soares de Azevedo, em Muriaé.

O jogo

Imprimindo um ritmo forte desde o primeiro minuto de jogo, o Cruzeiro ‘amassou’ o Tombense no Mineirão. O time celeste ficou a maior parte do primeiro tempo no campo de ataque e não deixou o Tombense passar do meio-campo.

O volume ofensivo da Raposa foi imenso. No entanto, não se traduziu em muitas chances claras de gol. As melhores oportunidades foram com Chay, que chutou por cima do gol, após pegar rebote de uma bola rebatida mal pela zaga adversária, em uma bomba de longe de Zé Ivaldo que o goleiro espalmou e em uma finalização de fora da área de Neto Moura que passou raspando a trave.

Na etapa final, o Cruzeiro seguiu pressionando. No primeiro minuto, Machado acertou um sem pulo da entrada da área e quase marcou.

De tanto insistir, a Raposa abriu o placar, aos três minutos. O Cruzeiro pressionou a saída do Tombense, que não conseguiu sair trocando passes. O time celeste roubou a bola com Daniel Junior, que tocou para Bruno Rodrigues na área. O atacante driblou o marcador e bateu cruzado no canto.

Luvannor teve a chance de fazer o segundo, após cruzamento de Bruno Rodrigues, mas finalizou para fora na segunda trave.

Mesmo vencendo, o Cruzeiro não mudou a forma de jogar e seguia pressionando a saída de bola do Tombense, que encontrava muitas dificuldades para trocar passes.

Era questão de tempo para sair o segundo gol do Cruzeiro. Aos 23, Bidu cruzou da esquerda para a área e Daniel Junior dominou com um pé e finalizou com o outro estufando as redes do goleiro Felipe Garcia, que evitou o terceiro em chute de Luvannor, após contra-ataque celeste.

Em raro aparecimento no ataque, o Tombense quase diminuiu o placar com Ciel no fim da partida. O atacante acertou bela cabeçada entre os zagueiros obrigando Rafael Cabral a fazer uma defesa sensacional salvando o Cruzeiro.

CRUZEIRO 2 x 0 TOMBENSE

Cruzeiro: Rafael Cabral; Zé Ivaldo, Oliveira e Brock; Filipe Machado, Neto Moura (Pablo Siles), Chay (Pedro Castro), Daniel Junior (Edu) e Matheus Bidu; Bruno Rodrigues (Stênio) e Luvannor. Técnico: Paulo Pezzolano

Tombense: Felipe Garcia; David (Diego Ferreira), Roger Carvalho, Joseph e Manoel; Zé Ricardo (Renatinho), Rodrigo e Jean Lucas; Everton Galdino (Matheus Frizzo), Keké (Ciel) e Bruno Mota (Kleiton). Técnico: Bruno Pivetti

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: Sábado, 6 de agosto de 2022
Horário: 19h

Gols: Bruno Rodrigues (3’/2º), Daniel Junior (23’/2º)
Cartão Amarelo: Chay (Cruzeiro); Keké, Zé Ricardo (Tombense)
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (GO) e Cristhian Passos Sorence (GO)
VAR: José Cláudio Rocha Filho (SP

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Desenvolvido por Vale Telecom