TIMÓTEO CLIMA

Cruzeiro goleia Pouso Alegre e assume vice-liderança do Campeonato Mineiro

Agência i7/Mineirão

O Cruzeiro entrou em campo na tarde deste domingo (13) já classificado para a semifinal do Campeonato Mineiro. Mesmo assim, o time celeste não deu chances para o Pouso Alegre, que luta contra o rebaixamento na competição. A equipe celeste venceu por 5 a 1. Os gols foram marcados Daniel Júnior, Waguininho, João Paulo (2) e Rafael Santos.

Com os três pontos somados na tabela de classificação, a Raposa igualou o número de pontos conquistados pelo Athletic e superou o time de São João del-Rei nos critérios de desempate (saldo de gols).

Sem Edu, que está fora por conta do protocolo adotado após o choque de cabeça no clássico do último domingo (6), Waguininho atuou centralizado mais uma vez, com Vitor Roque escalado pelo lado direito. No segundo gol do Cruzeiro, o atacante justificou a escolha de Pezzolano, fazendo jogada de pivô e mandando para o fundo das redes.

A vitória marcou a volta da Raposa ao Mineirão como mandante após um breve período no Independência. O torcedor fez valer da escolha do clube e compareceu em peso ao Gigante da Pampulha.

Nesta quarta-feira, o Cruzeiro tem um compromisso importante pela Copa do Brasil. Maior campeão do torneio, com seis conquistas, o time celeste enfrenta o Tuntum, no Maranhão. Na segunda fase, quem vencer o jogo único classifica. Em caso de empate, haverá disputa de pênaltis.

O jogo

Quem foi ao Mineirão, assistiu um primeiro tempo muito movimentado. Apesar da vontade das duas equipes em buscar a ataque desde o início, a emoção ficou guardada para os últimos minutos da etapa inicial. Aos 36 minutos, Daniel Júnior aproveitou o bate-rebate e abriu o placar para o Cruzeiro.

Seis minutos depois, Carlinhos finalizou rasteiro de fora da área e empatou a partida logo na sequência de uma boa chance perdida por Vitor Roque. Os jogadores da Raposa reclamaram muito de uma suposta falta em Fernando Canesin, não observada pelo árbitro.

Quando parecia que o empate seria o resultado do primeiro tempo, Waguininho marcou um belo gol, digno de centroavante. O atacante, que atuou centralizado, recebeu dentro da área, cortou o zagueiro e mandou para o fundo das redes com a perna esquerda.

Aos nove minutos da segunda etapa, o árbitro marcou mão do zagueiro Luanderson dentro da área. Com categoria, João Paulo mandou para o fundo das redes. Controlando toda a partida, o Cruzeiro não correu riscos e chegou ao quarto gol de novo em cobrança de pênalti convertida pelo meia.

Já nos acréscimos, Rafael Santos aproveitou a liberdade oferecida pelo Pouso Alegre e deu números finais ao jogo.

Cruzeiro 5 x 1 Pouso Alegre

 

Cruzeiro: Rafael Cabral; Rômulo (Bruno José), Lucas Oliveira, Eduardo Brock e Rafael Santos; Willian Oliveira (Adriano), João Paulo, Fernando Canesin (Machado) e Daniel Júnior (Jhosefer) ; Waguininho e Vitor Roque (Vitor Leque). Técnico: Martín Varini
Pouso Alegre: Cairo; Nando, Ramon Baiano, Luanderson e Foguinho; Gledson (Lucas Reis), Carlinhos (Nelsinho) e Denner (Bruno Morais); Eberê, Kaio (Wesley Fraga) e João Marcos (Hugo Freitas). Técnico: Francisco Diá

Gols: Cruzeiro – Daniel Júnior (36′ 1T), Waguininho, (45’1T), João Paulo (10’2T e 42’2T) e Rafael Santos (47’2T); Pouso Alegre – Carlinhos (40’1T)
Cartões amarelos: Elivélton Foguinho

Motivo: 10ª rodada do Campeonato Mineiro
Estádio: Mineirão, em Belo Horizonte
Data: domingo, 13 de março de 2022
Horário: 17h30

Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira
Assistentes: Marcus Vinícius Gomes e Leonardo Henrique Pereira

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Desenvolvido por Vale Telecom