TIMÓTEO CLIMA

Cruzeiro supera dificuldades e vence Bahia, no Mineirão, na abertura do returno da Série B

Foto: Divulgação Cruzeiro

O Cruzeiro começou o returno da Série B do Campeonato Brasileiro assim como fez durante boa parte da primeira metade da competição. Mesmo diante das dificuldades –organização defensiva do adversário e jogando com um a menos desde os 18 minutos do segundo tempo –, o time celeste conseguiu vencer o Bahia por 1 a 0, neste sábado, no Mineirão, pela 20ª rodada.

O atacante Stênio, que voltou ao clube recentemente, marcou o gol da vitória da Raposa, aos 21 minutos da etapa final. Nos acréscimos, o Bahia pressionou muito e chegou a carimbar o travessão. Rafael Cabral ainda fez um milagre no último minuto ao defender uma cabeçada à queima roupa.

O resultado mantém os 100% de aproveitamento em casa do Cruzeiro na Série B e faz a equipe celeste dar o troco nos baianos, que haviam vencido na primeira rodada, na Arena Fonte Nova. Além disso, a Raposa venceu um rival direto na luta pelo acesso.

Com o resultado, o Cruzeiro aumentou para nove pontos (45 a 36) a distância para o segundo colocado, que no momento é o Grêmio. Já o Bahia parou no 34 e caiu para a quarta posição.

Após uma maratona de jogos, o elenco do Cruzeiro terá a semana cheia para descansar e se preparar para a próxima partida que será no sábado (30), às 11h, contra o Brusque, no estádio Augusto Bauer, pela 21ª rodada da Série B. Já o Bahia recebe o Náutico na sexta-feira (29), às 19h, na Arena Fonte Nova.

CRUZEIRO 1 X 0 BAHIA

Cruzeiro: Rafael Cabral; Filipe Machado, Zé Ivaldo e Brock; Geovane Jesus, Pablo Siles (Wagner), Neto Moura (Pedro Castro) e Matheus Bidu; Bruno Rodrigues (Breno), Luvannor (Stênio) e Edu (Léo Pais). Técnico: Paulo Pezzolano

Bahia: Danilo Fernandes; André (Igor Torres), Didi, Luiz Otávio, Gabriel Xavier e Matheus Bahia (Vitor Jacaré); Rezende, Mugni (Rodallega) e Daniel; Raí (Copete) e Matheus Davó (Gregory). Técnico: Enderson Moreira

Motivo: 20ª rodada – Série B do Campeonato Brasileiro
Data: sábado, 23 de julho de 2022

Horário: 16h
Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Gol
: Stênio (21’/2º)
Cartão Amarelo: Luvannor, Neto Moura, Stênio (Cruzeiro); Mugni (Bahia)
Cartão Vermelho: Brock (Cruzeiro)

Árbitro
: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Assistentes: Daniel Luís Marques (SP) e Evandro de Melo Lima (SP)
VAR: Rafael Traci (SC)
Público: 49.066
Renda: R$ 1.649.181,04

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Desenvolvido por Vale Telecom