TIMÓTEO CLIMA

Libertadores é a meta do Atlético para 2022, mas Galo também briga pelo tri do Brasileiro

Mesmo com a conquista em 2021, Galo quer voltar a levantar o troféu do Brasileirão neste ano | Foto: Pedro Souza/Atlético

Após faturar três títulos de grande expressão nacional – Brasileiro, Copa do Brasil e Supercopa, o Atlético quer repetir o feito e angariar também a Libertadores. A competição internacional foi a única frustração do clube alvinegro na última temporada, e, no próximo 25 de julho de 2013, o Galo completa nove anos sem conquistá-la.

Em entrevista exclusiva ao Bastidores nessa quinta-feira (21), o vice-presidente do Conselho Deliberativo do Atlético, Rafael Menin, respondeu se o elenco alvinegro dará prioridade à Libertadores em detrimento da disputa pelo título do Brasileiro. “São dois campeonatos importantíssimos. Eu, pessoalmente, não tenho que escolher um campeonato ou outro. O que vier, se por ventura nós tivermos competência para ganhar um dos dois, será uma grande vitória para o clube”, pontuou.

Até agora, o Atlético está bem nas duas disputas. No Brasileirão, o Galo acumula duas vitórias nos dois primeiros jogos; são três gols marcados e nenhum sofrido. Na Libertadores, o time é vice-líder do grupo D, também após dois jogos – o Atlético ganhou do Tolima na primeira rodada; e somou apenas um ponto após empatar com o América na sequência.

 

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Desenvolvido por Vale Telecom