Foto: Bruno Cantini/Atlético

O meia Cazares tem contrato com o Atlético apenas até o fim deste ano e as conversas pela renovação seguem paradas. Em meio à indefinição quando ao futuro na Cidade do Galo, o equatoriano disse que gostaria de jogar no Corinthians.

A declaração foi dada em uma live do ‘El Canal del Fútbol’, do Equador. Ao ser perguntado por um dos participantes do programa se jogaria pelo Corinthians, o camisa 10 do Atlético respondeu positivamente (assista abaixo ao vídeo) e teceu elogios ao clube paulista.

“Sim (jogaria). É uma equipe muito grande do Brasil, uma equipe muito forte. Flamengo e Corinthians são os mais poderosos daqui. Como não vou gostar de vestir a camisa de uma equipe tão grande como o Corinthians?”, afirmou.

Percebendo que a declaração poderia cair mal entre os torcedores atleticanos, Cazares recuou na sequência da resposta. “Ainda estou aqui (no Atlético). Não posso falar muito. Aqui na cidade (Belo Horizonte) todo mundo torce para a equipe. Se escutam que eu quero ir, então…”, completou o meia no momento em que o vídeo termina.

Com o futuro incerto de Cazares, o Atlético está disposto a ‘colocá-lo contra a parede’: ou o camisa 10 abre conversas para estender o vínculo ou poderá sair. As informações foram divulgadas recentemente pelo repórter da Itatiaia, Cláudio Rezende.

A decisão de enquadrar Cazares passa pelo desejo do técnico Jorge Sampaoli que já expressou a sua vontade de trabalhar apenas com jogadores que estejam focados no clube.

Como Cazares poderá assinar contrato com outro clube a partir de julho, a tendência é que o jogador perca o foco no Atlético no segundo semestre.

De acordo com informações do jornalista Jorge Nicola, o Atlético chegou a propor ao Athletico-PR a troca de Cazares pelo meia Léo Cittadini. O contato teria sido feito pelo diretor de futebol Alexandre Mattos a pedido de Sampaoli, que trabalhou com o jogador no Santos. Contudo, o Furacão recusou a oferta. A intenção do clube paranaense é arrecadar dinheiro com o armador, que tem multa rescisória de 6 milhões de euros (aproximadamente R$ 34,2 milhões).

No início desta temporada, o Atlético recebeu uma proposta de 3 milhões de dólares (cerca de R$ 12,7 milhões na cotação da época) do Al-Ain, da Arábia Saudita, por Cazares. A oferta balançou o jogador, que queria deixar a Cidade do Galo. No período da negociação, o camisa 10 foi preservado e não entrou em campo.

Mas o Atlético fez ‘jogo duro’, recusou a oferta e pediu mais. Porém, os árabes não quiseram dispender mais dinheiro na negociação e recuaram. No dia 3 de fevereiro, Cazares foi reintegrado ao elenco, mas cinco dias depois sofreu uma ruptura do tendão do músculo adutor da coxa esquerda e só voltou no início de março.

Nesta temporada, Cazares disputou apenas um jogo pelo Atlético. O meia entrou no decorrer do segundo tempo no clássico contra o Cruzeiro, pelo Campeonato Mineiro, que terminou com a vitória do Galo por 2 a 1, no Mineirão, com gol no fim de Otero.

(Itatiaia BH)

Compartilhar via: