Coelho falhou na criação das jogadas e amargou o terceiro empate consecutivo

Com resultado, América chegou aos 69 pontos, dois a mais que Chapecoense que ainda jogará na rodada (Foto: Estevão Germano / América)

O América segue sem vencer depois que garantiu matematicamente o acesso à Série A do Campeonato Brasileiro. Em uma atuação fraca, o Coelho criou pouquíssimas chances de gol e, mesmo com um jogador a mais em campo desde os 19 minutos do segundo tempo, ficou no empate por 0 a 0 com o Brasil de Pelotas na tarde desta terça-feira, no estádio Bento Freitas, pela 36ª rodada da Série B.

Se a partida não teve muitos lances de perigo, teve jogadas polêmicas. O Brasil de Pelotas reclamou de um pênalti no primeiro tempo em Dellatorre quando o atacante caiu na área americana na disputa com o zagueiro Anderson. A arbitragem marcou falta fora da área.

Por outro lado, no fim da partida, o América também questionou a não marcação de um pênalti em Lohan, que teria sido agarrado na área. O árbitro viu a jogada como normal e mandou o jogo seguir.

Com o terceiro empate consecutivo (Náutico, Botafogo-SP e Brasil de Pelotas), o segundo após o time subir para a Primeira Divisão, o América chegou aos 69 pontos, mas corre o risco de perder a liderança para a Chapecoense. A equipe catarinense, que tem 67, entra em campo na quinta-feira, às 17h45, contra a Ponte Preta, na Arena Condá.

Sem chances de acesso e nenhum risco de rebaixamento, o Brasil de Pelotas só cumpre tabela na Série B. O time gaúcho segue na 11ª posição, com 48 pontos.

Na penúltima rodada da Série B, o América continuará jogando fora de casa. No sábado, às 16h30, o Coelho vai até o estádio Batistão para encarar o Confiança. Já o Brasil de Pelotas visita o CSA, no Rei Pelé, sexta-feira, às 19h15.

 

Brasil de Pelotas 0 x 0 América

Brasil de Pelotas: Rafael Martins (Marcelo); Rodrigo Ferreira (Felipe Albuquerque), Héverton, Diego Ivo e Bruno Santos; Sousa, Rafael Vinicius (Bruno Matias) e Matheus Oliveira (Pablo); Matheusinho (Mateus Mendes), Dellatorre e Bruno José. Técnico: Cláudio Tencati

América: Airton; Joseph (Marcelo Toscano), Messias, Anderson (Eduardo Bauermann) e João Paulo; Zé Ricardo (Lohan), Juninho e Alê; Felipe Azevedo (Calyson), Vitão (Neto Berola) e Ademir. Técnico Lisca

Fonte: Rede Itatiaia

Compartilhar via: