Empate por 0 a 0 no Horto praticamente decreta a permanência da Raposa na Série B

Foto: RODNEY COSTA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Na última partida de 2020 e a quatro dias do centenário, o Cruzeiro viu o sonho da volta à Série A no ano que vem ficar praticamente impossível. Em atuação pobre, o time celeste pouco criou e ficou apenas no empate em 0 a 0 com o Cuiabá, nesta terça-feira, no estádio Independência, pela 32ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

O resultado faz a Raposa completar o quarto jogo seguido sem vencer na competição. Desta forma, dificilmente o torcedor pode esperar uma reação do time para ganhar as seis partidas restantes e ainda contar com uma combinação de resultados para subir com 59 pontos ao fim das 38 rodadas, feito que só aconteceu uma vez (Vitória em 2007).

Com o empate, Cruzeiro segue na modesta 11ª colocação, com 41 pontos, oito a menos do primeiro time do G4 e seis acima da zona de rebaixamento.

Já para o Cuiabá o resultado foi melhor. O time mato-grossense continua em terceiro lugar, com 51 pontos.

Apesar do péssimo momento na temporada, o Cruzeiro dará uma pausa para celebrar o centenário no próximo sábado (2). O time celeste voltará a jogar no dia 8 de janeiro, quando enfrenta o Sampaio Corrêa, no Castelão, em São Luís (MA). Já o Cuiabá recebe o Juventude, na Arena Pantanal, em confronto direto na luta pelo acesso à Série A de 2021.

O jogo

Mesmo com um time mais ofensivo, sem o trio de volantes e com Giovanni como meia, o Cruzeiro começou a partida com mais posse de bola, mas sem incomodar o Cuiabá. O time visitante, por sua vez, se defendia bem, porém não conseguia encaixar os contra-ataques.

Com o passar do tempo, a equipe celeste encontrou algumas brechas na forte defesa do Cuiabá e fez o goleiro adversário trabalhar.

Por outro lado, deu mais espaços ao rival que soltou em campo e chegava com perigo ao gol defendido por Fábio. Em uma das descidas, Marcinho ficou cara a cara com o goleiro celeste, mas, sem ângulo, tocou de calcanhar para trás. Pierini chutou, mas Manoel entrou na frente e evitou que o Cruzeiro levasse o gol.

Na etapa final, o Cuiabá chegou a abrir o placar em novo contragolpe, mas o atacante Maxwell foi flagrado em impedimento de forma acertada pelo auxiliar da arbitragem.

Nos minutos finais, o Cruzeiro esboçou uma pressão, mas não conseguiu muita coisa e teve que se contentar com um ponto somado em casa, o que praticamente condena o clube a permanecer por mais um ano na Série B do Brasileirão.

Cruzeiro 0 x 0 Cuiabá

Cruzeiro: Fábio; Cáceres, Manoel, Ramon e Matheus Pereira; Adriano, Filipe Machado e Giovanni (Régis); Arthur Caíke (Airton), William Pottker e Rafael Sóbis (Thiago). Técnico: Felipão

Cuiabá: João Carlos; Lucas Ramon, Ednei, Anderson Conceição e Alexandre Melo (Kunde); Matheus Barbosa, Nenê Bonilha e Felipe Marques (Maxwell); Pierini, Elton (Jenison) e Marcinho (Willians). Técnico: Allan Aal

Motivo: 32ª rodada – Campeonato Brasileiro Série B
Data: 29 de dezembro de 2020, terça-feira, às 21h30
Local: Arena Independência, em Belo Horizonte (MG)

Cartão Amarelo: Alexandre Melo, Jenison, Matheus Barbosa (Cuiabá); Adriano, Manoel (Cruzeiro)

Árbitro: Thiago Luis Scarascati (SP)
Auxiliares: Neuza Inês Back (SP) e Daniel Luís Marques (SP)

Fábio Rocha, Itatiaia BH

Compartilhar via: