Resultado foi ruim para a Raposa, que não conseguiu subir na tabela

Rafael Sobis teve uma reestreia discreta pelo Cruzeiro e foi substituído no 2º tempo (Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro)

 

Após ficar 11 dias sem jogar, o Cruzeiro voltou a campo na noite desta sexta-feira, no Mineirão, mas colheu um mau resultado na luta para subir na tabela da Série B do Campeonato Brasileiro. O time celeste não fez uma boa apresentação e empatou por 1 a 1 com o Figueirense, em duelo válido pela 22ª rodada.

A Raposa saiu atrás no placar após um escanteio batido mal no ataque. A bola foi alçada na segunda trave, onde não tinha ninguém. O Figueirense, que já atuava nos contra-ataques, saiu rápido para o campo ofensivo e a bola chegou para Léo Arthur que, mesmo pressionado por dois jogadores da Raposa, conseguiu avançar e deu um lindo toque por cobertura na saída de Fábio, aos 11 minutos do primeiro tempo.

Aliás, o Cruzeiro foi muito mal na etapa inicial. Mesmo assim, o time conseguiu achar um gol aos 35 minutos com Airton. O atacante recebeu pela esquerda, puxou para dentro e bateu colocado, de fora da área, e a bola ainda tocou na trave antes de entrar. No segundo tempo, a equipe celeste melhorou um pouco, aumentou a pressão, mas não balançou as redes e saiu de campo com apenas um ponto.

Com o resultado, o Cruzeiro ampliou a invencibilidade na temporada para oito jogos (cinco empates e três vitórias) e continua sem perder sob o comando do técnico Luiz Felipe Scolari, mas amargou o segundo empate consecutivo em casa e se manteve em 15º lugar, com 25 pontos, cinco à frente da zona do rebaixamento. O placar também deixa o sonho do acesso ainda mais distante, já que a diferença para o G4 é de 12 pontos, mas pode chegar a 15 no complemento da rodada neste sábado.

Já para o Figueirense, que vinha de três derrotas seguidas e tinha 12 desfalques nesta sexta-feira, o resultado foi bom, apesar de o time continuar na zona de rebaixamento. Com o empate, a equipe catarinense permaneceu na 18ª posição, com 20 pontos, cinco atrás do Vitória, primeiro fora do Z4.

Na próxima rodada, o Cruzeiro terá uma pedreira pela frente: a líder isolada Chapecoense, na Arena Condá, terça-feira (24), às 21h30. O Figueirense também não terá vida fácil: na segunda (23), às 17h30, recebe o vice-líder Sampaio Corrêa, no Orlando Scarpelli, em Florianópolis.

Cruzeiro 1 x 1 Figueirense

Cruzeiro: Fábio; Raúl Cáceres, Manoel, Cacá e Patrick Brey (Matheus Pereira); Ramon (Jadson), Jadsom Silva e Régis (Welinton); Airton, Rafael Sobis (Arthur Kayke) e Marcelo Moreno (Thiago). Técnico: Felipão

Figueirense: Sidão; Thiaguinho, Guilherme Teixeira, Vitor Mendes e Renan Luís; Matheus Neris (Elyeser), Patrick (Jhonatan) e Léo Arthur; Diego Gonçalves (Gabriel Barbosa), Bruno Michel (Everton Santos) e Lucas Barcelos (Marquinho). Técnico: Jorginho

Motivo: 22ª rodada – Série B do Campeonato Brasileiro
Data: 20 de novembro de 2020, sexta-feira, às 21h30
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Gols: Léo Arthur (11’/1º), Airton (35’/1º)

Cartão Amarelo: Matheus Neris, Thiaguinho (Figueirense); Jadson, Matheus Pereira (Cruzeiro)

Árbitro: Marielson Alves Silva (BA)
Auxiliares: Jucimar dos Santos Dias e José Carlos Oliveira dos Santos (BA)

 

Fonte: Fábio Rocha / Rede Itatiaia

Compartilhar via: