Ídolo celeste deve atingir a expressiva marca de 1 mil jogos com a camisa celeste

Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Fábio será goleiro do Cruzeiro em 2022. O clube oficializou a renovação de contrato com ídolo celeste por mais uma temporada nesta sexta-feira (12), conforme informação antecipada pelos repórteres Guilherme Piu e Samuel Venâncio, da Rádio Itatiaia.

Com a renovação, Fábio deve atingir a expressiva marca de 1 mil jogos com a camisa celeste; faltam 27 partidas para o feito. O arqueiro atuou em 51 partidas até aqui em 2021.

Aos 41 anos — fez aniversário no dia 30 de setembro passado —, Fábio é a grande figura do elenco cruzeirense há anos. Desde 2005 como titular no clube, conquistou 13 taças, sendo as mais destacadas os dois troféus do Campeonato Brasileiro (2013 e 2014); três da Copa do Brasil (2000, 2017 e 2018); sete Campeonatos Mineiros (2006, 2008, 2009, 2011, 2014, 2018 e 2019), além do Torneio Verão (2009), disputado no Uruguai.

“Caminharemos juntos neste 2022, que seja um ano de alegria para o nosso torcedor. Faremos o máximo possível para conseguir o acesso e nunca mais sair da Série A, que é o nosso lugar. Nossa história condiz com a Série A, com conquistas, com vitórias, com histórias grandiosas”, afirmou Fábio em entrevista ao Site do Cruzeiro.

A renovação contratual com Fábio é a primeira dentre outras que o clube tentará até o fim do ano. Manter peças estratégicas e reforçar o elenco para 2022 é uma das exigências do técnico Vanderlei Luxemburgo para que o comandante permaneça no comando da equipe no ano que vem

As barreiras a serem derrubadas para que isso aconteça começam pelos problemas financeiros. O Cruzeiro não tem caixa e precisa se movimentar em busca de recursos caso queira manter suas principais peças e o treinador. A esperança, também, além do aporte de mecenas — que têm mantido o clube vivo — é o projeto do clube-empresa.

Por: Rede Itatiaia/Guilherme Piu e Samuel Venâncio

Compartilhar via: