Por: Itatiaia BH

Foto: Pedro Chaves/Lightpress/Cruzeiro

Todos saíram insatisfeitos do estádio Castelão, em Fortaleza, onde Cruzeiro e Ceará perderam uma chuva de gols. Os dois times empataram em 0 a 0 na noite desta quarta-feira, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. Boas defesas, bola na trave e chutes perigosos fizeram o jogo emocionante. Teria tudo para ser uma partida ainda mais interessante se a bola recebesse mais carinho dos finalizadores.

Na próxima rodada, o time celeste visita o Goiás na segunda-feira (30), às 20h, no estádio Serra Dourada, em Goiânia. Há quatro jogos sem vencer, a Raposa subiu da 18ª para a 16ª colocação, com 19 pontos, mas pode ser passada por CSA e Fluminense que jogam nesta quinta-feira (26), contra Palmeiras, em São Paulo, e Santos, no Maracanã, respectivamente. O Ceará se mantém na 14ª posição, com 23 pontos. O Vovô pega o Atlético no domingo (29), às 19h, no Independência.

O jogo

Ofensivo, o Cruzeiro fez um bom primeiro tempo. Aos 4 minutos, teve uma chance clara perdida por Robinho e, no rebote, por Pedro Rocha. O atacante ainda quase marcou aos 11. No entanto, chutou por cima na frente da pequena área. O Ceará tentou em finalização de Samuel Xavier que passou com perigo, aos 19, e, dois minutos depois, aliviou-se ao ver a arbitragem anular corretamente um gol marcado por Pedro Rocha, impedido.

O atacante celeste teve de sair ao sentir dores na perna esquerda. Fred entrou, mas um novo lance de perigo veio do volante Éderson, que driblou dois marcadores, invadiu a área e parou no goleiro Diogo Silva aos 26. Marquinhos Gabriel também ficou no quase em chute que passou rente à trave. Mas o Ceará arriscou e, aos 44, só não fez porque Fábio mandou para escanteio chute de Bergson.

O início do segundo tempo foi menos interessante, mas na reta final os dois times voltaram a perder gols. Matheus Gonçalves acertou a trave de Fábio aos 25. O atacante ainda perdeu uma oportunidade clara de frente para o gol. O Cruzeiro incomodou em bicicleta de Fred perto da marca do pênalti. No entanto, o goleiro adversário segurou. Um minuto depois, Mauricio ficou perto de marcar, mas o zagueiro Fabinho bloqueou. Aos 41, Orejuela também finalizou com muito perigo.

Ceará 0x0 Cruzeiro

Ceará: Diogo Silva; Samuel Xavier, Tiago Alves, Valdo e Thiago Carleto; Fabinho, Ricardinho, Thiago Galhardo, Felipe Baxola (Mateus Gonçalves) e Leandro Carvalho (Wescley); Bergson (Felippe Cardoso). Técnico: Enderson Moreira

Cruzeiro: Fábio; Orejuela, Dedé, Fabrício Bruno e Egídio; Henrique, Ederson, Marquinhos Gabriel, Robinho (Ezequiel) e David (Mauricio); Pedro Rocha (Fred). Técnico: Rogério Ceni

Cartões amarelos: Samuel Xavier e Leandro Carvalho (Ceará) Fabrício Bruno (Cruzeiro)

Motivo: 21ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data e horário: 25 de setembro de 2019, quarta-feira, às 19h30
Local: estádio Castelão, em Fortaleza (CE)

Árbitro: Braulio da Silva Machado (Fifa-SC)
Auxiliares: Helton Nunes (CBF-SC) e Éder Alexandre (CBF-SC)
VAR: Rafael Traci (CBF-SC)

 

Compartilhar via: