Time celeste marcou gol logo no início, parou de jogar, mas segurou a pressão dos maranhenses e voltou a vencer após quatro partidas

Autor do gol, Pottker foi expulso no 2º tempo ao levar dois cartões amarelos em dois minutos. | Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

O ano mudou, mas o futebol apresentado pelo Cruzeiro continua o mesmo de 2020. Apesar de ter atuado bem só nos cinco primeiros minutos de jogo, foi o suficiente para marcar o gol logo no começo da partida e vencer o Sampaio Corrêa por 1 a 0, na noite desta sexta-feira, no estádio Castelão, em São Luís (MA), pela 33ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Depois de abrir o placar, o time celeste parou de jogar e aceitou a pressão dos maranhenses. Mal em campo, o Cruzeiro ficou perto de sofrer o empate ao longo de toda a partida, principalmente no primeiro tempo, quando o Sampaio Corrêa criou pelo menos três boas chances para balançar as redes de Fábio, que seguiu fazendo grandes defesas no segundo tempo e garantiu o triunfo da Raposa, que não vencia há quatro jogos.

William Pottker marcou o gol da vitória celeste aos três minutos de jogo, após receber cruzamento de Airton. No entanto, Pottker quase arruinou os planos da Raposa na partida ao ser expulso no início da etapa final. O atacante recebeu cartão amarelo por cometer falta no meio-campo. Um minuto depois, em outro lance, levou a segunda advertência por reclamar do árbitro.

O meia Giovanni, que começou como titular e foi substituído no intervalo, também recebeu o cartão vermelho no banco de reservas, após reclamar de uma marcação da arbitragem.

Mesmo com a vitória, o Cruzeiro segue com chances remotas de subir para a Série A. A distância para o quarto colocado (Juventude) é de oito pontos faltando 15 em disputa. Por outro lado, a equipe celeste praticamente eliminou o risco de rebaixamento para a Terceira Divisão. A Raposa alcançou a 11ª posição, com 44 pontos, oito a mais que o Figueirense, que abre o Z4 da Série B.

Já o Sampaio Corrêa segue seu calvário na Série B e completou o sétimo jogo sem vencer, sendo a quinta derrota consecutiva. A equipe maranhense, que já chegou a figurar no G4 após incrível campanha de recuperação na competição, caiu para o nono lugar, com 45 pontos, e também deverá disputar a próxima edição da Segunda Divisão.

Na próxima rodada, o Cruzeiro enfrenta o lanterna Oeste, quarta-feira (13), às 21h30, no Independência. O Sampaio Corrêa volta a campo na terça (12), às 19h15, para encarar o Botafogo-SP, em Ribeirão Preto (SP).

Sampaio Corrêa 0 x 1 Cruzeiro

Sampaio Corrêa: Gustavo; Joazi (Roni), Joécio, Daniel Felipe e João Victor (Eloir); André Luiz Vinícius Kiss (Jackson) e Roney; Marcinho, Caio Dantas e Robson Duarte (Diego Tavares). Técnico: Léo Condé

Cruzeiro: Fábio; Cáceres, Cacá (Paulo), Ramon e Matheus Pereira (Patrick Brey); Adriano, Filipe Machado e Giovanni (Jadsom Silva); Airton (Marcelo Moreno), William Pottker e Rafael Sóbis (Welinton). Técnico: Felipão

Motivo: 33ª rodada – Campeonato Brasileiro Série B
Data: 8 de janeiro de 2021, sexta-feira, às 21h30
Local: Castelão, em São Luís (MA)

Gol: William Pottker (3’/1º)

Cartão Amarelo: William Pottker, Filipe Machado, Fábio (Cruzeiro); Eloir (Sampaio Corrêa)

Cartão Vermelho: William Pottker, Giovanni (Cruzeiro)

Árbitro: Paulo Henrique de Melo Salmazio (MS)
Auxiliares: Eduardo Gonçalves da Cruz (MS) e Cícero Alessandro de Souza (MS)

 

Compartilhar via: