TIMÓTEO CLIMA

Menina de 4 anos morre com suspeita de contaminação por raiva humana em Minas

Foto: Freepik

Uma menina de 4 anos morreu com suspeita de contaminação por raiva humana nesse sábado (28), no Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, em Belo Horizonte. Ela morava em uma tribo próxima a Bertópolis, no Vale do Jequitinhonha. É o quinto caso suspeito de raiva humana em 2022. Três foram confirmados e um foi descartado.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) confirmou a morte, mas afirmou que aguarda exames laboratoriais para determinar as causas. Se confirmada, essa será a quarta morte causada por raiva humana em Minas neste ano.

O primeiro caso suspeito confirmado é de um garoto de 12 anos, que morreu no dia 4 de abril. No dia 29 do mesmo mês, uma menina também de 12 anos morreu após semanas de internação. Ambos os casos estão relacionados à mordedura pelo mesmo morcego.

O terceiro caso suspeito confirmado é de um menino de 5 anos, que morreu dia 17 de abril. Ele não tinha sinais de mordedura do animal, mas os exames confirmaram a relação com a doença. Os três casos são provenientes da área rural do município de Bertópolis, segundo a SES.

 

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Desenvolvido por Vale Telecom