Por: Itatiaia BH

Foto: Bruno Cantini / Atletico

Dentro de campo, tudo foi festa na goleada do Atlético, por 4 a 0, sobre o CSA neste domingo (2), pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro, que manteve a equipe mineira na segunda colocação da competição nacional. Porém, um cobrança de falta de Luan, no segundo tempo, abriu precedente para uma possível polêmica envolvendo o atacante e o meia Cazares. Ambos, no entanto, descartam clima ruim. Entenda abaixo.

Para apaziguar a situação, Luan gravou um vídeo nesta segunda-feira e disse que o assunto já foi superado. “Quero dizer que não tenho nada contra o Cazares. A gente já conversou ontem mesmo e está tudo certo entre a gente. Ali foi apenas um momento chato, que ninguém gostaria.”

O ‘menino maluquinho’ também disse que se arrepende de algumas coisas que disse e enalteceu a vitória da equipe alvinegra. “Da minha parte também. Falei algumas coisas que não deveria também, estava de cabeça quente. O importante é que o Atlético venceu, o grupo venceu e esse era o nosso objetivo ontem.”

Entenda

Após o jogo, em entrevista à 98FM, Cazares foi questionado por que deixou Luan bater uma cobrança de falta, no segundo tempo, já que ele já havia anotado um de falta na partida. A resposta do venezuelano foi considerada polêmica.

“Ele [Luan] queria cobrar [a falta], então deixei para ele pegar confiança. Não chutou bem, mas no treino ele bate bem. Aconteceu. Deixei para ele. Na próxima eu mando ele tomar no r***”, disse.

Incomodado, Luan respondeu, em entrevista à TV Alterosa: “Fico chateado, é normal, mas é cabeça erguida, é brincadeira. E se eu fosse brincar sobre o jeito que ele chega ao treino? Ninguém vai gostar. O jeito dele, atrasado sempre. Imagina a polêmica que iria dar”.

Ainda no domingo, Cazares respondeu a um post no Twitter dizendo que foi mal interpretado e que a situação foi exagerada. “Eu falei brincando quando o cara fez essa pergunta. Todo mundo quer o Luan. Parem de falar bobagem demais. Não tenho nada contra ele, nossa amizade é muito boa, então parem de inventar, que foi só uma brincadeira. Se tiver mais falta ele vai bater. Aqui é grupo. Obrigado por entender”, disse.

 
Compartilhar via: