Por: Itatiaia BH

Foto: Bruno Cantini/Atlético

Após a pausa para a Copa América, o técnico Rodrigo Santana terá uma alternativa a Fábio Santos na lateral-esquerda com a chegada do uruguaio Lucas Hernández, contratado junto ao Peñarol-URU. O atual dono da camisa 6 alvinegra comentou sobre a concorrência na posição e vê a disputa como “natural”.

“Normal, natural como qualquer outro jogador que chega em outra posição. Ele vai ser muito bem recebido. Nosso ambiente dentro do Galo é de receber todos os jogadores da melhor maneira. Que ele possa se adaptar o mais rápido possível”, declarou.

Diferentemente do ano passado, quando a essa altura da temporada o Atlético disputava somente o Campeonato Brasileiro, o início do segundo semestre alvinegro em 2019 será puxado, com três competições: além do torneio nacional por pontos corridos, a equipe tem a Copa do Brasil e a Copa Sul-Americana.

Diante das várias competições, Fábio Santos minimizou a concorrência afirmando que todo mundo terá oportunidade para jogar. “A gente sabe que vão ser vários jogos, então todo mundo vai jogar, todo mundo vai ter oportunidade. Tomara que ele possa nos ajudar bastante”, disse.

Contratado pelo Atlético em junho de 2016 para suprir a saída de Douglas Santos, negociado com o futebol alemão, Fábio Santos nunca contou com um substituto à altura na lateral-esquerda. Desde chegou ao clube alvinegro, o jogador teve como companheiro de posição quatro atletas: Danilo Barcelos, Leonan, Kevin e Hulk.

Lucas Hernández foi anunciado como reforço do Atlético no dia 5 de junho e assinou contrato até o final de 2022. O lateral de 26 anos poderá ser registrado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF a partir do dia 1º de julho, quando abrirá a janela de transferências internacionais. Como já atuou pelo Peñarol na Copa Sul-Americana, o atleta só poderá defender o Galo no Campeonato Brasileiro e na Copa do Brasil.

 
Compartilhar via: