Programa de capacitação dedicado a mulheres é realizado em parceria com o Sebrae

A Fundação Aperam Acesita e a BioEnergia encerraram na última semana a capacitação dedicada a 35 empreendedoras do Vale do Aço e Vale do Jequitinhonha, realizada por meio do programa Trilha Delas, em parceria com o Sebrae. As aulas tiveram início em setembro. Ao todo foram cinco encontros e uma consultoria personalizada para cada empreendedora.

O Trilha Delas tem como objetivo promover o desenvolvimento das empreendedoras e, consequentemente, o fortalecimento de seus respectivos negócios. Além de ter acesso a conteúdos focados nesses temas, as participantes da capacitação desenvolvem atividades focadas na troca de experiências entre si e monitores das aulas. “Potencializar a atuação dessas empreendedoras e motivá-las com a ampliação das suas competências e habilidades. Esse é o principal propósito do Trilha Delas, ou seja, ofertar às participantes ferramentas para que o negócio dessas mulheres se fortaleça e prospere cada vez mais”, destaca a Coordenadora de Projetos da Fundação Aperam Acesita, Flávia Souza.

A Trilha Delas integra o programa Sebrae Delas, que tem como propósito ampliar a probabilidade das mulheres serem bem sucedidas no desenvolvimento de suas ideias, dos negócios liderados por elas.

Integrante do programa, a empreendedora Eni Maria, da cidade de Timóteo, atua há 23 anos como esteticista. Segundo ela, o Trilha Delas despertou o seu olhar para a organização do seu empreendimento. “Embora eu me considere competente, capaz de realizar bem minhas atividades, ainda me faltavam conhecimentos fundamentais sobre finanças, habilidades empreendedoras que posso desenvolver e sobre o uso das mídias sociais. Por tudo isso sou muito grata a cada pessoa que trabalhou para que o programa fosse realizado, por eu ter acesso a essa importante oportunidade de crescimento”.

Durante as cinco fases da capacitação, as empreendedoras desenvolveram habilidade para identificar desafios relacionados ao seu negócio e encontrar uma solução por meio de estratégias traçadas pelas alunas. Rose, moradora de Capelinha, que pretende ampliar sua atuação no ramo da estética, avalia a experiência como muito positiva. “Minha jornada empreendedora começou em 2002 quando realizei um curso de estética e comecei a trabalhar com massagem. O Trilha Delas me ajudou a organizar melhor o meu empreendimento e a sonhar com voos mais altos”, conclui Rose.

Compartilhar via: