TIMÓTEO CLIMA

América e Tombense, no Independência, será disputado sem presença de público: entenda

Foto: Gil Leonardi/Imprensa MG

Após a rescisão do contrato entre Governo do Estado e Luarenas envolvendo o Independência, as atividades do estádio estão suspensas por 60 dias. Em conversas com o poder executivo, o América conseguiu a liberação para enfrentar o Tombense, neste sábado (19), às 16h30, no local. No entanto, a presença de público está vetada.

Como é de praxe após situações desse tipo, o imóvel em questão precisa passar por vistorias, o que impediria a realização de eventos esportivos no Horto. Na tarde desta sexta-feira (18), a diretoria do Coelho participa de uma reunião com representantes da Secretaria de Infraestrutura e Mobilidade e Ministério Público para avaliar os próximos passos.

Em nota, o América informou que os torcedores que compraram ingresso para a partida serão reembolsados. O site TicketHub fará o cancelamento da venda e a devolução dos respectivos valores pagos. Para quem fez o pagamento com cartão de crédito, o estorno será feito automaticamente. Os que optaram pelo pagamento via Pix serão contatados por e-mail para obtenção dos dados necessários ao estorno.

Apesar do América estar já desclassificado do Campeonato Mineiro, a proibição de atividades no estádio, caso mantida, pode afetar as semifinais da competição. Caldense e Athletic poderiam utilizar o local como sede das partidas que têm como mandante, caso não possam atuar em suas respectivas cidades.

A rescisão do contrato entre o Estado e a empresa Luarenas aconteceu por conta de uma dívida acumulada desde 2015. De acordo com o poder executivo, o valor já ultrapassa os R$ 35 milhões. A maior possibilidade é que o Coelho assuma a gestão do Independência pelos próximos anos.

 

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Desenvolvido por Vale Telecom