TIMÓTEO CLIMA

Atlético vence Avaí de virada no Mineirão e assume a vice-liderança do Campeonato Brasileiro

Hulk e Sasha comemorando o gol da virada do Atlético sobre o Avaí | Foto: Pedro Souza / Atlético

O Atlético é o novo vice-líder do Campeonato Brasileiro. Após um primeiro tempo complicado, quando saiu atrás no placar contra o Avaí, no Mineirão, o Galo melhorou na etapa final e venceu os catarinenses por 2 a 1, de virada, neste domingo, pela oitava rodada da competição. Hulk, com um golaço, e Sasha marcaram para o time alvinegro.

Com o resultado, o Atlético chegou aos 15 pontos e assumiu a segunda posição do Brasileiro com a mesma pontuação de Palmeiras e Corinthians, mas atrás do Verdão no saldo de gols (8 contra 5) e à frente do Timão pelo mesmo critério (5 a 4). Já o Avaí caiu para o 12º lugar, com dez pontos.

Agora, após muito tempo, o Atlético terá uma semana cheia para se preparar para o próximo compromisso da temporada. E será “o jogo”, pois valerá a liderança do Brasileirão. No outro domingo (5), às 16h, o Galo fará confronto direto contra o Palmeiras, no Allianz Parque, pela nona rodada. O Avaí pega o São Paulo no sábado (4), às 19h, na Ressacada.

O jogo 

Apesar de ter o domínio da partida no primeiro tempo, a única jogada de maior perigo do Galo foi em uma cabeçada de Sasha que bateu na trave.

O Avaí saiu na frente em uma falha do volante Otávio, que errou o recuo do meio-campo para Everson. O atacante Morato se antecipou, deu uma cavadinha para passar pelo goleiro atleticano e completou para o fundo das redes.

Em relação à arbitragem, a equipe alvinegra reclamou bastante da atuação de Jefferson Ferreira de Moraes (GO) no primeiro tempo. O volante Raniele pegou o tornozelo de Jair em disputa de bola no meio-campo e o jogador do Avaí recebeu o cartão amarelo. O VAR chamou para revisar o lance no monitor para um possível vermelho, mas o juiz, após ver novamente a falta, optou por manter a decisão de campo.

No último lance da etapa inicial, o Atlético reclamou de um possível pênalti quando a bola bateu na mão do jogador do Avaí dentro da área após cruzamento.

Na sequência, a bola saiu para escanteio, mas o árbitro consultou o VAR quanto à penalidade, não marcou nada e ainda não deixou o Galo cobrar o escanteio encerrando o primeiro tempo. Os jogadores atleticanos foram pra cima de Jefferson Moraes, e Hulk levou amarelo por reclamação.

No segundo tempo, o Atlético voltou com mais força e quase empatou com Hulk. O camisa 7 recebeu em velocidade, driblou o goleiro e ficou sem ângulo. Na hora de finalizar, o atacante se atrapalhou e chutou pra fora.

Mas, no minuto seguinte, Hulk se redimiu. Aos 7, Mariano cobrou o lateral de forma estranha, o atacante recuperou a bola pelo lado direito, carregou para o meio e acertou um belo chute no ângulo empatando para o Galo. Após o gol, foi a vez dos jogadores do Avaí reclamarem da arbitragem por conta da cobrança de lateral que, na visão do time catarinense, foi irregular. O árbitro não deu ouvidos e mandou reiniciar o jogo do meio-campo.

O gol empolgou o Atlético que quase virou em cabeçada de Jair, após cruzamento na medida de Rubens. Mas a virada era questão de tempo e veio aos 20 minutos. Depois de escanteio, a bola sobrou para Sasha na entrada da área pelo lado direito. O atacante dominou e bateu no cantinho, sem chances para o goleiro Douglas.

Por muito pouco, Jair fez o terceiro. Após escanteio, o volante subiu mais que todo mundo e desviou de cabeça, mas Douglas fez grande defesa no reflexo salvando o Avaí.

Grande figura do Avaí em campo, o goleiro Douglas foi expulso nos minutos finais. O camisa 1 saiu da área para tentar impedir Ademir de avançar e acabou cometendo falta. Coube ao lateral-direito Kevin ir para o gol. O jogador chegou a fazer uma boa defesa em chute de longe de Rubens.

ATLÉTICO 2 x 1 AVAÍ 

Atlético: Everson; Mariano, Réver, Alonso e Rubens; Otávio, Jair e Nacho; Ademir (Sávio), Hulk e Sasha (Guga). Técnico: Antonio Mohamed

Avaí: Douglas; Kevin, Bressan (Rodrigo Freitas), Arthur e Cortez; Raniele, Eduardo (Muriqui) e Jean Cléber; Pottker, Morato (Dentinho) e Bissoli. Técnico: Eduardo Barroca

Motivo: 8ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data: domingo, 29 de maio de 2022
Local: Mineirão, em Belo Horizonte

Gols: Morato (40’/1º), Hulk (7’/2º), Sasha (20’/2º)
Cartão Amarelo: Raniele, Eduardo (Avaí); Hulk, Jair, Mariano (Atlético)
Cartão Vermelho: Douglas (Avaí)

Árbitro: Jefferson Ferreira de Moraes (GO)
Auxiliares: Fabricio Vilarinho da Silva (FIFA) e Tiago Gomes da Silva
VAR: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ)

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Desenvolvido por Vale Telecom