TIMÓTEO CLIMA

Brasil goleia Bolívia em La Paz e bate recorde nos pontos corridos das Eliminatórias da Copa

Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Melhor ataque das Eliminatórias da Copa do Mundo do Catar e invicto, o Brasil conquistou mais uma vitória ao golear a Bolívia por 4 a 0 na altitude de La Paz, na noite desta terça-feira, pela última rodada da competição. Classificada para o Mundial com muita antecedência, a seleção comandada por Tite registrou a maior pontuação desde que o atual formato foi instaurado, em meados da década de 1990 para o torneio classificatório para a Copa da França, em 1998.

Ao conquistar a 14ª vitória em 17 jogos nas Eliminatórias Sul-Americanas, a Seleção chegou aos 45 pontos e superou a campanha da Argentina, dirigida por Marcelo Bielsa em 2002 que fez 43 pontos no torneio classificatório para o Mundial da Coreia do Sul/Japão.

Vale lembrar que a pontuação da seleção pode ser maior, já que o Brasil tem pendente o clássico contra a Argentina, que foi interrompido nos primeiros minutos por agentes da Anvisa, em setembro do ano passado, por conta de jogadores argentinos que burlaram as regras do país para conter a disseminação da covid-19 e entraram no país de forma irregular. A Fifa determinou a remarcação do duelo, mas ainda não há uma data definida.

Lucas Paquetá abriu o placar para o Brasil aos 23 minutos do primeiro tempo. Bruno Guimarães arrancou pelo meio-campo e tocou para o companheiro de Lyon-FRA que recebeu em boas condições para finalizar para a rede.

No fim do primeiro tempo, Richarlison ampliou. Após jogada de Antony pela direita, o atacante do Ajax cruzou rasteiro para a área, os jogadores bolivianos bobearam e a bola sobrou limpa para o camisa 9 completar para o gol.

Bruno Guimarães fez o terceiro em um golaço. Paquetá recuperou na entrada da área e levantou para o meio-campista que deu um ‘tapa’ de primeira, sem deixar a bola tocar no chão, e acertou o ângulo.

Nos acréscimos, Richarlison fechou a conta fazendo o seu segundo na partida completando para a rede pegando rebote do goleiro após chute de Rodrygo.

Agora, o Brasil vive a expectativa para o sorteio da fase de grupos da Copa do Mundo do Catar. O evento será realizado na próxima sexta-feira (1º), a partir de 13h (horário de Brasília). A Itatiaia está no país do Mundial e transmitirá o sorteio ao vivo.

Arana e Everson 

Em relação aos jogadores do Atlético convocados, Guilherme Arana e Everson começaram o duelo no banco de reservas. Titular na goleada por 4 a 0 sobre o Chile, o lateral-esquerdo deu a vaga para Alex Telles, mas entrou no lugar do jogador do Manchester United aos 38 minutos da etapa final e teve pouco tempo para mostrar seu futebol.

Já o goleiro alvinegro, que foi chamado na última hora após Ederson, do Manchester City ter uma gastroenterite, voltou a figurar somente entre os suplentes e não foi testado por Tite, que preferiu manter Alisson no gol.

Bolívia 0 x 4 Brasil 

Bolívia: Cordano; Quinteros, Carrasco e Sagredo; Villamíl (Ramiro Vaca), Herrera (Yesit Martínez), Villarroel (Jhon García), Chura (Franz Gonzales) e Roberto Fernández; Henry Vaca e Marcelo Moreno. Técnico: César Farías

Brasil: Alisson; Daniel Alves, Marquinhos, Militão e Alex Telles (Guilherme Arana); Bruno Guimarães, Fabinho e Philippe Coutinho (Gabriel Martinelli); Lucas Paquetá (Arthur), Richarlison e Antony (Rodrygo). Técnico: Tite

Motivo: última rodada – Eliminatórias da Copa do Mundo
Estádio: Hernando Siles, em La Paz (Bolívia)
Data: terça-feira, 29 de março de 2022
Horário: 20h30

Gols: Lucas Paquetá (23’/1º), Richarlison (44’/1º, 45’/2º), Bruno Guimarães (20’/2º)

Cartão Amarelo: Henry Vaca, Ramiro Vaca (Bolívia)

Árbitro: Eber Aquino (Paraguai)
Assistentes: Eduardo Cardozo e Milciades Saldivar (Paraguai)
VAR: Leodan Gonzáles (Uruguai)

 

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Desenvolvido por Vale Telecom