Por: Itatiaia BH

Foto: Vinnícius Silva/Cruzeiro

Um grupo de conselheiros e sócios do Cruzeiro entrou na Justiça nesta quarta-feira pedindo, em forma de tutela provisória, o afastamento do vice-presidente de futebol, Itair Machado. Na ação, distribuída na 22ª Vara Cível de Belo Horizonte, eles alegam que a nomeação do dirigente para o cargo vai contra o Artigo 30 do Estatuto do clube, além de ferir o Artigo 23 da Lei Pelé.

O ex-presidente Gilvan de Pinho Tavares compõe o grupo de 31 pessoas que assinam a petição.

Além do afastamento, o grupo pede a nulidade da procuração criada pelo presidente Wagner Pires de Sá que dá à Itair Machado plenos poderes no clube.

 
Compartilhar via: