Insatisfeitos com salários atrasados, atletas podem cruzar os braços a qualquer momento

Foto: Google Street View

Insatisfeitos com os atrasos constantes de salários desde o ano passado, os jogadores do Cruzeiro podem cruzar os braços a qualquer momento em busca de uma solução.

Segundo apurou a Itatiaia, o grupo tem conversado bastante nos últimos dias e não está descartada uma greve dos atletas, que nem mesmo se reapresentariam nesta quinta-feira na Toca da Raposa II.

Na última semana, uma folha de salários foi quitada pela diretoria, mas insuficiente pra diminuir a revolta de todos com a Diretoria do Clube. São vários atrasos e muitos com débitos ainda do ano passado.

Ainda segundo apuração, os jogadores têm apoio do técnico Vanderlei Luxemburgo. Esses atrasos e não a solução dos problemas ainda colocam em dúvida a permanência do treinador para o ano de 2022.

O presidente Sérgio Santos Rodrigues está em Portugal onde participa de um curso sobre gestão no futebol. A reportagem procurou o Cruzeiro e assim que tiver o posicionamento do clube vai atualizar a matéria.

Por: Samuel Venâncio, Rede Itatiaia 

Compartilhar via: