Retorno foi permitido apenas para colégios em cidades das Ondas Verde e Amarelas do Programa Minas Consciente. Dessa forma, apenas escolas do Vale do Aço e Triângulo Norte estão autorizadas a retornarem

(Foto: Reprodução)

Repórter Edilene Lopes:

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) liberou na tarde desta quinta-feira (10) o retorno das aulas presenciais em escolas públicas do Estado. O retorno vai ser permitido apenas para colégios de municípios que estão nas Ondas Verde ou Amarela do programa Minas Consciente de combate à pandemia da covid-19.

Neste momento, a maior parte das regiões do Estado está na Onda Vermelha, sendo que apenas duas regiões estão na Onda Amarela. Ou seja, apenas essas duas regiões do Estado vão poder voltar com as atividades em sala de aula.

Dessa forma, colégios do Vale do Aço e do Triângulo Norte estão autorizados a começar essa retomada presencial das atividades.

De acordo com a Secretária de Estado de Educação, Julia Sant’Anna, as escolas públicas estaduais estão preparadas para esse retorno.

“As famílias podem ter toda tranquilidade porque vão encontrar escolas realmente preparadas e adaptadas para receber os alunos. Tivemos todo cuidado de preparar, nos últimos meses, um check-list para realizar todas as orientações para as escolas, de viabilizar, inclusive, recursos adicionais, sendo que R$ 90 milhões foram disponibilizados para que os colégios pudessem fazer as adaptações”, explica.

Ela completa: “Então, temos realmente a segurança de que é o momento de realizarmos esse passo”.

 

Fonte: Rede Itatiaia

Compartilhar via: