Ouça a reportagem de Fernando Silva:

Divulgação PMCF

Os documentos foram solicitados pela Comissão Especial de Inquérito da Câmara Municipal, que investiga e apura supostas irregularidades e práticas delitivas relacionadas à denúncia de fraude em licitações da Administração Municipal que possam ter envolvido a empresa Lage & Lage Auditores e Consultores Associados.

A medida judicial cita o descumprimento no atendimento à solicitação de documentos feita pela comissão parlamentar ao Município, o que inclui procedimentos licitatórios, contratos e pagamentos que envolvem os investigados.

Emitido pelo Juiz da Vara de Fazenda Pública e de Precatórias Cíveis e Criminais da Comarca de Coronel Fabriciano, Dr. Mauro Lucas, o documento ainda fala em afronta aos princípios constitucionais e dispositivos da Lei Orgânica fabricianense e frisa que o descumprimento da solicitação dos documentos coloca em risco de dano o resultado útil do processo, já que a Comissão Especial possui prazo de 60 dias para concluir os trabalhos.

Os documentos solicitados devem ser entregues ao presidente da comissão, vereador Xingozinho, no prazo de 24 horas. Comissão que também é composta pelos parlamentares Marcos da Luz e Cristiano do Cais, o único dos três que é da base governista.

O outro lado

A prefeitura de Cel. Fabriciano respondeu com a seguinte nota:

“A Gerência de Comunicação da Prefeitura de Coronel Fabriciano informa que o executivo municipal ainda não foi notificado da medida e que, assim que receber a notificação irá demonstrar que o município jamais se recusou a fornecer qualquer documento e que tudo isso não passa de exploração política de parte dos membros da comissão que possuem interesse pessoal na causa e que usam a situação para atacar e tentar denegrir a imagem do governo municipal.

O Prefeito Municipal, Dr. Marcos Vinicius e o Procurador Geral do Município, Dr. Denner Franco Reis, estão nesta data em Belo Horizonte em reunião com o Presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, onde discutirão temas de interesse da cidade”.

Compartilhar via: