Treinador celeste afirmou que a quitação da dívida será ‘a maior contratação do clube’

Luxemburgo disse que o planejamento para o ano que vem já está pronto (Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro)

O técnico Vanderlei Luxemburgo foi mais incisivo nas cobranças à diretoria do Cruzeiro para o planejamento visando à próxima temporada. Apesar de o empate por 1 a 1 com o Sampaio Corrêa, nesta quinta-feira, no estádio Castelão, pela penúltima rodada da Série B, não ter garantido o clube celeste matematicamente na Segunda Divisão no ano que vem, o treinador ressaltou que será preciso agilizar o planejamento para 2022, mas que, para isso, é necessário pagar os cerca de R$ 13,5 milhões do transfer ban.

Na visão de Luxa, a quitação das dívidas na Fifa pelas contratações do meia Arrascaeta (1,151 milhão de euros, cerca de R$ 7,2 milhões) e do atacante Riascos (1,145 milhão de dólares, aproximadamente R$ 6,3 milhões) será a maior contratação da Raposa para a próxima temporada.

“Já projetando ano que vem, acho que a primeira coisa, a mais importante, a melhor contratação para a próxima temporada é o Cruzeiro entender que o mercado é muito ágil, muito rápido, as coisas acontecem em uma velocidade muito grande. ‘Macarrão se come quente, se esfriar é muito ruim’. Então eu acho que a melhor contratação é o [pagamento] do transfer ban. Se você tem a punição, não adianta você pensar em temporada nenhuma para o ano que vem. Porque se o transfer ban for chegar em janeiro, ou final de dezembro, todos os jogadores de mercado já foram contratados. Então você fica devendo, fica atrasado”, disse.

“A melhor contratação vai ser o clube buscar os recursos, correr atrás, para que possamos ficar liberados [da punição] e os empresários entendam que podem levar jogadores para o Cruzeiro, porque o clube já pagou o transfer ban e os jogadores vão poder ser inscritos. […] E eu já falei isso em reunião com o Sérgio [Rodrigues, presidente], que é necessário quitar isso do transfer ban e ficarmos livres no mercado”, completou.

Luxa ainda disse que o planejamento já está pronto, mas aguarda a definição sobre o pagamento da dívida na Fifa. “O planejamento já está pronto, essa é a verdade. Eu não vou montar o planejamento a partir de hoje, já vem sendo confeccionado há algum tempo, só esperando a oportunidade de poder colocar em prática”, finalizou.

 

Fonte: Rede Itatiaia

Compartilhar via: