Por: Itatiaia BH

 

Foto: Geraldo Bubniak / Light Press / Cruzeiro

Ainda na luta contra o rebaixamento, o Cruzeiro conquistou um ponto importante fora de casa nesta quarta-feira. Atuando com um jogador a menos desde o início do segundo tempo, a equipe celeste segurou o empate em 0 a 0 com o Athletico-PR, na Arena da Baixada, em Curitiba, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Sassá levou o cartão vermelho aos 14 minutos da etapa final após colocar a mão na bola para tirar do goleiro e fazer o gol do Cruzeiro. O árbitro não só anulou o gol como também mostrou o amarelo para o camisa 99, que já estava advertido e foi expulso.

Mesmo com um a menos, a Raposa ainda criou oportunidades e acertou uma bola na trave com Ezequiel. Mas o destaque do jogo foi o goleiro Fábio, que fez importantes defesas que salvaram o Cruzeiro de sair de campo com a derrota.

Com o resultado, o Cruzeiro chegou ao nono jogo de invencibilidade – são três vitórias e seis empates – ultrapassou Botafogo e Ceará e subiu para o 14º lugar, com 34 pontos, três a mais que o Fluminense, que abre a zona de rebaixamento. No entanto, para permanecer nesta posição, a Raposa terá que ‘secar’ os três concorrentes diretos na luta contra a degola que entram em campo nesta quinta-feira.

Com 33 pontos, Botafogo enfrenta o líder Flamengo, no Engenhão, às 20h. Já o Ceará, que tem a mesma pontuação do Alvinegro carioca, recebe o Internacional, no Castelão. Caso consigam empatar, os dois passam o Cruzeiro na tabela pelo número de vitórias.

Já o Fluminense, que visita o São Paulo, não pode vencer. Se ganhar no Morumbi, o tricolor carioca também ultrapassa o Cruzeiro e mandará a Raposa de volta para a zona de rebaixamento.

O empate fez o Athletico-PR cair para o sétimo lugar, com 47 pontos, um a menos que o Corinthians, sexto colocado.

Na próxima rodada, o Cruzeiro terá pela frente o clássico contra o Atlético, domingo, às 16h, no Mineirão. No mesmo horário, o Athletico-PR visita o São Paulo, no Morumbi.

Athletico-PR 0 x 0 Cruzeiro

Athletico-PR: Santos; Madson, Léo Pereira, Thiago Heleno e Márcio Azevedo; Wellington (Marcelo Cirino), Bruno Guimarães (Camacho) e Léo Cittadini (Bruno Nazário); Rony, Nikão e Marco Ruben. Técnico: Eduardo Barros

Cruzeiro: Fábio; Edílson, Cacá, Fabrício Bruno e Egídio (Dodô); Henrique, Éderson, Marquinhos Gabriel, Robinho (Ariel Cabral) e David (Ezequiel); Sassá. Técnico: Abel Braga

Motivo: 31ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data: 6 de novembro de 2019, quarta-feira, às 21h30
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)

Cartão Amarelo: Léo Pereira, Marco Ruben (Athletico-PR); Sassá (Cruzeiro)
Cartão Vermelho: Sassá (Cruzeiro)

Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Auxiliares: Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP)
VAR: José Cláudio Rocha Filho (SP)

 
Compartilhar via: