TIMÓTEO CLIMA

Estudante da UFMG perde carona e desabafo viraliza: ‘queria entender sua falta de empatia’

Foto: Redes sociais/Reprodução

Uma discussão em um grupo de caronas em Belo Horizonte viralizou na internet nas últimas horas após a caroneira ter se atrasado por dois minutos no horário marcado e ter ficado para trás. Por meio do WhatsApp, duas mulheres combinaram de se encontrar às 7h15 na avenida Barão Homem de Melo, na Região Oeste da capital, para chegar às 8h na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), na Região da Pampulha.

Depois de perder a carona, Natália pediu que Julia, a caroneira, tivesse empatia para esperá-la no ponto marcado, e que havia avisado a estudante de que teria que pegar uma corrida por aplicativo antes de chegar à avenida Barão Homem de Melo, além de pagar pelo trajeto. Como resposta, Julia retrucou dizendo que não era possível ficar estacionada no local e que foi embora pois, no horário combinado, não havia ninguém no endereço.

Em meio à discussão, um homem, identificado como Fernando, que seria administrador em grupos da UFMG para caronas, vendas de doces e jogos de futebol entre amigos, pediu para que o caroneiro deixe claro, antes de combinar o trajeto, que não poderá se atrasar, e que a pessoa que pagará pela ajuda também enfatize que irá demorar alguns minutos.

Por conta das desavenças, Natália teria bloqueado Julia na conversa pessoal entre elas e exposto as conversas no grupo do WhatsApp, o que deixou a caroneira insatisfeita com a situação.

A publicação no Twitter já conta com mais de 55 mil curtidas às 9h35 da manhã desta quarta-feira (4).

 

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Desenvolvido por Vale Telecom