(Ansa Brasil)

O Fundo Monetário Internacional (FMI) afirmou nesta terça-feira que a economia mundial terá em 2020 sua pior recessão desde a Grande Depressão, entre o fim da década de 1920 e o início da de 1930.

Segundo o FMI, o Produto Interno Bruto (PIB) global cairá 3% em 2020, previsão 6,3 pontos menor que a estimativa de janeiro. Para efeito de comparação, a economia mundial sofreu queda de 0,1% em 2008, ano daquela que era a pior crise financeira deste século.

Esse cenário ainda se baseia na hipótese de que a pandemia desapareça no segundo semestre. De acordo com a economista-chefe do FMI, Gita Gopinath, a contração pode ser ainda pior se o “Grande Lockdown” persistir na metade final do ano.

“Se a pandemia não sumir na segunda parte do ano, o PIB pode cair mais 3% em 2020”, disse. O fundo também pediu que os países continuem gastando “generosamente” com seus sistemas de saúde e para garantir que as pessoas e empresas estejam em condições de recomeçar quando a fase aguda da crise terminar.

Economia brasileira

Para a economia brasileira, o FMI prevê uma queda de 5,3% em 2020, enquanto a da Itália deve despencar 9,1%. O fundo também projeta recessão de 5,9% nos Estados Unidos e de 7,5% na zona do euro. Já a China deve crescer 1,2%, 4,8 pontos a menos do que estava previsto.

(Ansa Brasil)

 

Compartilhar via: