“Este é um sinal de alerta, por isso venho aqui pedir a todos os mineiros que evitem aglomerações”, disse o governador

Foto: Gil Leonardi/Imprensa MG

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), usou o Twitter, nesta quarta-feira, para informar que oito regiões do Estado vão passar para a Onda Vermelha do programa Minas Consciente.

A Onda Vermelha ressalta a necessidade de a população do estado reforçar as medidas de distanciamento social e prevenção durante as celebrações do Natal e Ano Novo.

“Este é um sinal de alerta, por isso venho aqui pedir a todos os mineiros que evitem aglomerações. Neste final de ano façamos a nossa contribuição”, disse o governador.

“Vamos tomar todas as medidas protetivas necessárias. Um 2021 melhor que, com certeza teremos, depende muito de cada um de nós”, finalizou.

A macrorregião Sul regride da onda amarela para a onda vermelha – se juntando a outras sete regiões. A onda vermelha, a mais restritiva do plano, permite apenas o funcionamento de serviços essenciais como farmácias, supermercados, padarias e bancos.

Já a macrorregião Triângulo do Norte foi orientada a regredir da onda verde para a onda amarela. As mudanças, válidas por uma semana – a partir do próximo sábado (25/12), visam manter o equilíbrio do cenário pandêmico e fazem parte das orientações para as regiões de Minas Gerais sobre a retomada segura das atividades econômicas.

Desta forma, oito das 14 macrorregiões se encontram na onda vermelha (Jequitinhonha, Leste, ?Leste do Sul, Nordeste,  Vale do Aço, Sudeste, Centro-Sul e Sul). Outras cinco estão na onda amarela (Centro, Norte, Noroeste, Oeste e Triângulo Norte). Já a região Triângulo Sul permanece na onda verde.

Itatiaia BH

Compartilhar via: