A bagunça que se tornou o Cruzeiro se reflete também nas redes sociais. Após a derrota para o CSA, em pleno Mineirão, o perfil oficial do clube curtiu o comentário no Twitter do apresentador da Itatiaia, João Vitor Xavier, em que o jornalista criticou o meia Thiago Neves, pediu as saídas do jogador, que perdeu um pênalti no jogo desta quinta-feira, e do presidente Wagner Pires de Sá.

Logo após Thiago Neves desperdiçar a penalidade, João Vitor Xavier escreveu no microblog pedindo a rescisão do contrato do camisa 10 e a saída do que chamou de ‘vexatório presidente’.

“Thiago Neves é o símbolo, em campo, desse Cruzeiro vergonhoso. Deveria ter a dignidade de pedir, na noite de hoje, a rescisão do contrato. E jamais voltar a vestir a camisa do clube. Ele não é digno disso. E deveria seguir acompanhado do vexatório presidente. Destruíram o clube”, detonou o apresentador do programa ‘Bastidores’.

Pouco depois, o perfil oficial do Cruzeiro curtiu a publicação. Mas, logo em seguida, ‘descurtiu’. No entanto, o escorregão não passou despercebido e o site da ESPN fez uma nota sobre a gafe das redes sociais do clube celeste. Em seguida, João Vitor Xavier pediu: “Espero que não demitam o estagiário… só concordou com verdades!”

Com a derrota em casa para o 18ª colocado no Brasileirão, o Cruzeiro se complicou ainda mais e ficou mais perto do rebaixamento para a Série B. Na 17ª posição, o time celeste tem 36 pontos, um a menos que o Ceará, restando três rodadas para o fim do Brasileirão.

(Itatiaia BH)

Compartilhar via: