Por: Itatiaia BH

Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro E.C.

 

A partida contra o Emelec-EQU, nesta quarta-feira, às 19h15, no Mineirão, pode ser histórica para o Cruzeiro na Copa Libertadores. Caso vença e não leve gol, o time celeste alcançará o que nenhum outro clube conseguiu na fase de grupos da competição continental, que é terminar com 100% de aproveitamento e não ter a defesa vazada.

Na história da Libertadores, apenas duas equipes fecharam a fase de grupos sem levar gol: Boca Juniors-ARG em 1977 e Atlético Nacional-COL em 2016. No entanto, ambos tropeçaram no meio do caminho e não venceram as seis partidas. Os argentinos empataram duas vezes, enquanto os colombianos ficaram no 0 a 0 em um duelo.

Desta forma, o Cruzeiro poderá ser o primeiro clube na história da Libertadores a vencer as seis partidas na fase de grupos e sem levar gol.

No entanto, para registrar a melhor campanha da história da fase de grupos da Libertadores, o Cruzeiro precisará golear o Emelec por oito gols de diferença, chegando a 18 de saldo. Assim, a Raposa superaria o desempenho da edição de 2015 do Boca Juniors, que fez 18 pontos, com 19 gols marcados e dois sofridos, saldo de 17.

 

 
Compartilhar via: