Por: Itatiaia BH

O meia Cazares, do Atlético, um amigo dele e duas mulheres estão envolvidos em uma ocorrência policial na manhã desta segunda-feira, em Lagoa Santa, na Grande BH. O jogador é acusado de agredir uma das garotas.

A Polícia Militar (PM) foi acionada na manhã desta segunda-feira por uma das mulheres, que acusou o meia de ter agredido a colega e de ter tomado um aparelho celular. Militares foram até a casa do armador, no condomínio Boulevard, mas não encontraram a suposta vítima.

Posteriormente, os três foram levados para a 8ª Companhia da PM onde o boletim de ocorrência é concluído. Em seguida, eles serão encaminhados para a delegacia da Polícia Civil de Vespasiano, também na Grande BH, onde vão prestar depoimento.

A reportagem da Itatiaia apurou que as duas mulheres são garotas de programa e uma delas estaria usando droga na casa do jogador, que teria decidido expulsá-la do local. Foi quando a mulher criou confusão e acionou a PM. Essa versão foi dada pelo amigo do meia. Já as mulheres confirmam a agressão.

Cazares atuou durante os 90 minutos da partida contra o Botafogo, nesse domingo, no estádio Engenhão, no Rio de Janeiro. Após a derrota por 2 a 1, a delegação atleticana retornou para capital mineira e o elenco foi liberado, já que está de folga nesta segunda-feira.

Compartilhar via: