TIMÓTEO CLIMA

Candidatura de Cleitinho ao Senado na chapa de Bolsonaro corre risco

Foto: Henrique Chendes | ALMG

Apesar do senador Carlos Viana (PL), ao confirmar sua própria candidatura ao Governo de Minas, ter dito que o deputado estadual Cleitinho (PSC) deve ser candidato ao Senado na chapa do PL, fontes da coluna afirmam que a aliança corre risco.

Segundo o que apuramos, a chance de Cleitinho ser um candidato independente é maior do que ele concorrer ao Senado na chapa de Bolsonaro. Em entrevista coletiva, após reunião com presidente, no Palácio do Planalto, Viana disse que o PSC informou que o nome do deputado estadual está à disposição. “O deputado Cleitinho vem pontuando fortemente, tem uma candidatura nova, aceitou se juntar a nós e, agora, terá que resolver as questões internas do partido dele, que confirmou na reunião que o nome dele está à disposição”, afirmou.

Para Cleitinho, o convite está aceito. No entanto, a cúpula do PSC em Minas vem afirmando há meses candidatura própria ao Senado, mas sem falar em coligação. O PSC tem atuado na base de Zema. Ao se manter na disputa, Cleitinho, que vem pontuando bem nas pesquisas, pode preocupar adversários de outras chapas, como Marcelo Aro (PP), que está na chapa do governador, e Alexandre Silveira (PSD), candidato de Kalil.

Na noite desta terça-feira, o deputado estadual Noraldino Júnior, vice-presidente estadual do PSC, postou no Twitter que considera “muito precoce o anúncio de coligações partidárias sem a definição concluída”.

A convenção do PSC em Minas está marcada para sexta-feira (5), último dia do prazo.

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Desenvolvido por Vale Telecom